Voos entre Espanha e Portugal tiveram aumento de passageiros em 16,4% no 1º trimestre

18-04-2018 (17h08)

Foto: AENA
Foto: AENA

Os aeroportos espanhóis tiveram no primeiro trimestre perto de um milhão de passageiros de voos de/para Portugal, cujo crescimento foi de 16,4%, que compara com um aumento médio em 9,7% no período impulsionado por uma subida em 14,6% nos voos domésticos, enquanto em voos internacionais a subida foi em 7,3%.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR mostram que no primeiro trimestre Portugal foi a origem/destino com o aumento mais forte de passageiros no Top10 de ligações internacionais no primeiro trimestre.

Esses dados evidenciaram que as ligações com Lisboa foram as principais impulsionadoras do crescimento, com um aumento que equivale a 70,6% do aumento do total de rotas, seguindo-se o Porto, com uma participação de 27,2%.

Os dados da AENA indicam que no primeiro trimestre os voos entre Espanha e Portugal somaram 988,2 mil passageiros, com um aumento de 139,1 mil relativamente ao período homólogo de 2017.

Lisboa concentrou 69,8% dos passageiros que voaram entre Espanha e Portugal no trimestre, alcançando um total de 690 mil, por um aumento em 16,6% ou 98,2 mil.

O Porto foi a segunda principal origem/destino em Portugal, com 283,7 mil passageiros (27,2% do total do período), +15,4% ou mais 37,8 mil que há um ano, e o Funchal foi a 3ª, com 5,5 mil, mas em ligeiro decréscimo, de 2,1% ou aproximadamente 120.

A Terceira com 4,5 mil passageiros, Faro com 2,5 mil e Ponta Delgada com 1,8 mil foram as outras origens/destinos portugueses com mais passageiros em voos de/para Espanha, segundo os dados da AENA, que indicam terem registado crescimentos em 18,5% ou cerca de 710, em 62,9% ou cerca de 990 e em 464,9% ou cerca de 1,4 mil, respectivamente.

No mês de Março, que este ano foi o mês da Semana Santa, um período em que muitos espanhóis fazem mini-férias em Portugal, o crescimento dos voos entre Espanha e Portugal foi de 16,6% ou 51,3 mil, atingindo um total de 360,1 mil.

Lisboa teve 68,7% desse total, com 247,5 mil, e o Porto teve 29,4%, com 105,8 mil, mas neste mês foi o Porto que teve o aumento mais forte, com uma subida em 18%, enquanto Lisboa teve +15,7%.

Em valor absoluto, porém, Lisboa teve a maior parcela do aumento global, com mais 33,6 mil que há um ano, enquanto o Porto teve mais 16,1 mil.

Igualmente a crescer estiveram os voos de/para Faro, com +231,5% ou mais 1,28 mil, para 1,8 mil, e de/para Ponta Delgada, com +465,7% ou mais 950, para 1,1 mil.

Em contrapartida, as ligações com o Funchal e com a Terceira tiveram menos passageiros que em Março de 2017, com respectivamente -20,3% ou menos cerca de 580, para 2,28 mil, e -10,6% ou menos cerca de 170, para 1,4 mil.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.

Forte de S. Miguel na Nazaré ultrapassa a marca das 250 mil visitas

17-01-2019 (17h46)

O Forte de S. Miguel Arcanjo bateu, em 2018, o recorde de visitas, contabilizando 250 mil, com visitantes oriundos de 108 países a marcar presença no monumento que foi visitado mais de 650 mil vezes, desde a sua abertura em 2015.