TAAG e South African Airways assinam acordo de codeshare

11-01-2018 (13h29)

Foto: TAAG
Foto: TAAG

As companhias aéreas TAAG e South African Airways assinaram um acordo de codeshare, incluindo voos entre Angola, África do Sul, Zimbabué, Zâmbia e Hong Kong.

Com o acordo, a South African Airways vai colocar o seu código de voo nas ligações a Joanesburgo e Cidade do Cabo operadas pela TAAG, noticia hoje a edição online do “Jornal de Angola”.

A TAAG, por sua vez, irá colocar o seu código de voo nas ligações da South African Airways a Harare, Lusaka e Hong Kong.

O acordo de codeshare para as rotas de Joanesburgo e Cidade do Cabo de e para Luanda estão em vigor desde ontem, dia 10 de Janeiro.

“Valorizamos as relações com a TAAG e estamos expectantes em fortalecer esta parceria, criando uma boa experiência de viagem para os nossos clientes que se deslocam para vários destinos de África e Ásia”, afirmou Aaron Munetsi, administrador da área comercial da South African Airways, citado pelo jornal.

Para William Boulter, chief commercial officer da TAAG, o acordo “constitui uma parceria forte que proporcionará melhores e mais fluídas conexões para muitos clientes, que nos permitirá comercializar destinos como Hong Kong”.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: TAAG

Clique para mais notícias: South African Airways

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Fitur prevê edição recorde este ano com mais expositores e visitantes

18-01-2019 (15h35)

A Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur), que começa na quarta-feira, dia 23, deverá bater recordes de participação e número de expositores, de acordo com a previsão da organização.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.