SATA Internacional regista prejuízos de 31 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018

11-01-2019 (13h19)

Foto: SATA Azores Airlines
Foto: SATA Azores Airlines

A SATA Internacional - Azores Airlines, que engloba as operações da companhia aérea para fora dos Açores, registou um prejuízo de 30,8 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018, indicam documentos oficiais.

De acordo com informações enviadas pelo Governo Regional à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores (ALRAA), e às quais a agência Lusa teve acesso, ao prejuízo da SATA Internacional junta-se um resultado líquido negativo de 8,13 milhões de euros da SATA Air Açores, responsável pelas ligações aéreas dentro do arquipélago.

Em 2017, o Grupo SATA encerrou o ano com o maior prejuízo da história da empresa, de 41 milhões de euros, um valor quase três vezes superior ao de 2016, que foi de 14 milhões.

A informação enviada pelo executivo regional ao parlamento açoriano não engloba uma comparação com o período homólogo, mas abarca a totalidade das empresas do Setor Público Empresarial Regional (SPER).

Ainda no sector dos transportes, a Atlânticoline, que assegura as ligações marítimas de passageiros e viaturas entre as ilhas dos Açores, registou lucros de um milhão de euros no período em análise.

A SATA Internacional, renomeada há alguns anos Azores Airlines, apresta-se para lançar um novo concurso para a privatização de 49% do seu capital social, depois de o primeiro ter sido interrompido no final de 2018 após a divulgação na imprensa de material tido por classificado.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: SATA / Azores Airlines

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Groundforce prevê investir 2,85 milhões de euros em 2019 e acredita que vai operar no Montijo

21-01-2019 (15h30)

A Groundforce estima investir este ano 2,85 milhões de euros, avançou o presidente executivo, Paulo Neto Leite, que está convicto de que a empresa de handling (assistência em terra) irá operar no futuro aeroporto complementar do Montijo.

Terminal de actividades marítimo-turísticas de Lisboa deverá estar a funcionar até ao final do ano

21-01-2019 (15h12)

A estação fluvial Sul e Sueste, no Terreiro do Paço, em Lisboa, está a ser alvo de requalificação e deverá estar em funcionamento como terminal de actividades marítimo-turísticas até ao final do ano, cerca de dois anos mais tarde que o previsto inicialmente.

Gastos dos portugueses aumentaram mais que receitas turísticas pela primeira vez em 34 meses

21-01-2019 (14h51)

Os gastos turísticos dos portugueses subiram 51,20 milhões de euros em Novembro passado, ultrapassando pela primeira vez o aumento dos gastos de turistas estrangeiros, que foi de 43,45 milhões, o que já não acontecia desde Janeiro de 2016.

Hotel na antiga sede do FC Porto vai custar 2,8 milhões de euros

21-01-2019 (14h48)

O Futebol Clube do Porto vai investir 2,8 milhoes de euros para construir um hotel de charme com 54 quartos na sua antiga sede, localizada no centro da cidade do Porto.

Ryanair assina acordo com a SiteMinder para vender hotéis na Europa

21-01-2019 (14h15)

A Ryanair, que há uma semana deu por terminada a sua incursão na venda online de pacotes turísticos, assinou um acordo com a SiteMinder para comercializar hotéis na Europa através da sua plataforma Ryanair Rooms.