SATA Internacional e TAP foram das piores em pontualidade em Setembro

10-10-2019 (14h48)

A Azores Airlines (antiga SATA Internacional) e a TAP tiveram, respectivamente, os 3º e 5º piores índices de pontualidade do mês de Setembro, segundo o índice publicado pela OAG e que lista este mês 166 companhias.

A informação publicada pela consultora indica que ‘controlou’ 733 voos da Azores Airlines e que apenas 53,4% chegaram até 15 minutos da hora anunciada, pior que o seu principal aeroporto, Ponta Delgada, que teve 65,8% das partidas até 15 minutos da hora prevista, mas melhor que no mês homólogo de 2018, em que teve um índice de pontualidade de 51,7%, com 684 voos ‘controlados’.

Para a TAP, a OAG indicou que ‘controlou’ 12,4 mil voos e que 53,6% chegaram até 15 minutos da hora prevista, melhor que o seu hub, o Aeroporto de Lisboa, que teve apenas 47,2% das partidas até 15 minutos da hora prevista, e também melhor que em Setembro de 2018, em que teve um índice de pontualidade de apenas 43,3%.

A SATA Air Azores voltou a ser a melhor companhia portuguesa no ranking da OAG, com 75% das chegadas até 15 minutos da hora prevista, com 1,6 mil voos ‘controlados’ pela OAG.

O ranking de Setembro publicado pela consultora inclui 166 companhias coloca a SATA Air Açores em 111ª, a TAP em 162ª e a Azores Airlines (SATA Internacional) em 164ª.

A melhor do mês foi a low cost sul-africana Safair, de que ‘controlou’ 2,2 mil voos, com 95,8% das chegadas até 15 minutos da hora prevista.

Entre as companhias de maior dimensão incluídas no ranking, as líderes em pontualidade no mês foram a Garuda Indonésia (12,6 mil voos), com 94,7%, seguida pela Copa Airlines (9,8 mil voos), com 93,8%, Aeroflot (31,2 mil voos), com 89,2%, LATAM Airlines Group (41,3 mil voos), com 89,2%, Thai Air Ásia (11,1 mil voos), com 88,3%, Delta Airlines (158,9 mil voos), com 88,2%, Southwest Airlines (111,1 mil voos), com 87,4%, e All Nippon Airways (37,8 mil voos), com 85,2%.

Também com mais de 83%, apesar de serem das que têm mais voos, estiveram ainda Air New Zealand (15,2 mil voos), com 85,2%, Qatar Airways (15,7 mil voos), com 85%, Westjet (20,5 mil voos), com 84,8%, Finnair (11,4 mil voos), com 84%, Air France (34 mil voos), com 83,6%, Spirit Airlines (18,4 mil voos), com 83,6%, Japan Airlines (24,8 mil voos), com 83,4%, e Iberia (18,7 mil voo), com 83,4%, e American Airlines (192,3 mil voos), com 83,1%.

Entre as maiores companhias, com índices melhores que 80% estiveram ainda em Setembro a Ryanair (72,8 mil voos), com 80,5%, Indigo (43,6 mil voos), com 81,9%, e Turkish Airlines (42,1 mil voos), com 80,2%.

Para ler mais sobre rankings de Setembro da OAG clique:

Lisboa foi 7º pior aeroporto do mundo em pontualidade em Setembro

 

Clique para mais notícias: OAG

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP baptiza novo A321 LR com nome de Jorge de Sena

13-11-2019 (13h08)

A TAP baptizou um dos seus novos aviões A321 Long Range com o nome Jorge de Sena, em homenagem ao “poeta português que se naturalizou brasileiro e estreitou as relações culturais e literárias entre Portugal e o Brasil”.

Thomas Cook Alemanha cancela todas as viagens para 2020

13-11-2019 (09h27)

A filial alemã do falido grupo Thomas Cook cancelou todas as reservas para viagens a partir de 1 de Janeiro de 2020.

DER Touristik quer ficar com agências Holiday Land e hotéis Sentido do grupo Thomas Cook

13-11-2019 (08h56)

A DER Touristik anunciou que chegou a acordo para comprar a rede de agências de viagens Holiday Land, incluindo os contratos de franquia, e que pretende adquirir a rede de hotéis Sentido, subsidiárias do falido grupo Thomas Cook.

Hotel nas Galerias Lumiére no Porto recebe parecer positivo da Direcção Regional de Cultura

13-11-2019 (08h03)

A Direcção Regional de Cultura do Norte (DRCN) deu parecer favorável ao Pedido de Informação Prévia (PIP) para uma unidade hoteleira a instalar nas Galerias Lumière, no Porto, que vão encerrar em 2020, revelou aquele organismo.

Azul recebe primeiro A321neo do Brasil

13-11-2019 (07h53)

A companhia de aviação brasileira Azul recebeu o primeiro A321neo do Brasil, um modelo da Airbus de que tem encomendadas 13 aeronaves.

Noticias mais lidas