Volvo Ocean Race terá centro de treinos e base de manutenção em Lisboa em 2017

10-05-2016 (17h31)

A próxima edição da Volvo Ocean Race, em 2017, além de incluir uma paragem em Lisboa, vai ter na capital portuguesa o estaleiro da competição, fazendo da cidade a base de treinos para várias equipas e o centro de manutenção das embarcações em prova.

A primeira etapa da 13ª edição da Volvo Ocean Race realiza-se entre Alicante e Lisboa e a segunda, à partida da capital portuguesa, tem como destino Cape Town, anunciaram hoje em Lisboa Antonio Bolãnos, CEO da Volvo Ocean Race, Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, e José Pedro Amaral, director-geral da Sail Portugal, empresa responsável pelo stopover em Lisboa.

O objectivo da Sail Portugal é que o estaleiro da Volvo Ocean Race, que em 2017 vai ser na Doca de Pedrouços, passe a ser permanentemente em Lisboa.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem há 65 meses consecutivos

18-07-2018 (17h43)

Os gastos dos portugueses no estrangeiro contabilizados pelo Banco de Portugal como gastos turísticos completaram este Maio 65 meses consecutivos de aumentos, de acordo com dados do banco central consultados pelo PressTUR.

Ryanair cancela voos de 50 mil clientes nos dias 25 e 26 de Julho

18-07-2018 (17h05)

A Ryanair anunciou que já cancelou os voos de 50 mil clientes que iriam viajar nos dias 25 e 26 de Julho, dias para os quais enfrenta uma greve de tripulantes de cabina em Portugal, Espanha e Bélgica.

Hotel Apartamento Solverde sobe classificação para 4-estrelas

18-07-2018 (16h58)

O Hotel Apartamento Solverde, em Espinho, foi recentemente homologado como uma unidade 4-estrelas, depois de um processo de renovação integral nas suas instalações e serviços.

Exportações e importações de viagens de avião baixam ligeiramente em Maio

18-07-2018 (16h48)

As vendas ao estrangeiro de transporte aéreo de passageiros, bem como as compras, baixaram em Maio, respectivamente em 1,2% e em 1,5%, de acordo dados do Banco de Portugal consultados pelo PressTUR.

Receitas turísticas portuguesas ‘disparam’ 19,5% em Maio apesar de queda das dormidas de estrangeiros em 0,2%

18-07-2018 (15h49)

O Banco de Portugal contabilizou 1.597,47 milhões de euros de receitas turísticas do país em Maio, representando um aumento homologo em 19,5%, embora o número de turistas residentes no estrangeiro alojados na hotelaria portuguesa tenha aumentado no mês apenas 1,8% e as suas dormidas até tenham decrescido 0,2%.