Sintra confirma taxa turística em 2019 e reduz de taxas municipais a empreendimentos de 5-estrelas

17-05-2018 (14h05)

Sintra Palácio da Vila (foto: visitportugal.com)
Sintra Palácio da Vila (foto: visitportugal.com)

A Câmara de Sintra confirmou a criação de uma taxa turística de dois euros por dormida no concelho que deverá vigorar a partir de 2019, em simultâneo com uma redução das taxas municipais para atrair investimentos de topo de gama no sector do turismo.

Uma informação da autarquia diz que o executivo camarário aprovou, na terça-feira, por maioria, o novo regulamento de taxas e outras receitas do município, o qual prevê a criação da “taxa turística de dormida”, aplicada por quarto a hóspedes em empreendimentos turísticos e alojamento local, “até ao limite de três diárias”.

A receita da taxa turística, no valor de dois euros, “será afecta a projectos, estudos, equipamentos ou infra-estruturas que produzam impacto directo ou indirecto na promoção e qualidade do turismo no município”, numa “perspectiva de crescimento sustentável e a prazo”, refere a proposta do presidente da autarquia, Basílio Horta, eleito pelo PS.

O regulamento de taxas ainda terá de ser submetido a deliberação da assembleia municipal, mas uma fonte oficial da autarquia admitiu que, após a sua aprovação, a taxa turística só “começará a ser aplicada no início de 2019”.

O regulamento prevê igualmente a redução de taxas municipais para operações urbanísticas que contemplem iniciativas de “redução de consumo energético” e reutilização de água, com um benefício de menos 25% da taxa por realização de infra-estruturas urbanísticas (TRIU).

Na proposta refere-se que, no sentido de promover “um turismo de excelência e empreendimentos turísticos com qualidade, em detrimento de um turismo de massas que desqualifica o território, foi estabelecida uma redução de 45% nas taxas devidas para a emissão do alvará de autorização de utilização para fins turísticos de empreendimentos turísticos com a classificação de 5 estrelas”.

A informação diz também que a sociedade de capitais públicos Parques de Sintra - Monte da Lua (PSML), que gere os monumentos e jardins históricos, também será isenta de taxas relativamente a “obras e eventos realizados em parceria com o município” ou por ele solicitados expressa e formalmente.


Para ler mais clique: Câmara de Sintra institui taxa turística a partir do próximo ano

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Bestravel lança solução digital para tratamento de dados e gestão da nova directiva

25-05-2018 (17h12)

A Bestravel anunciou que vai disponibilizar às suas agências de viagens uma solução digital para recolha e tratamento de dados pessoais e para a gestão documental pré-contratual e contratual exigida pela nova Directiva das viagens.

Novo sistema de gestão do espaço aéreo “em princípio, estará completamente operacional em 2021” - NAV

25-05-2018 (17h04)

O presidente da NAV Portugal, Jorge Ponce de Leão, afirmou que o novo sistema de gestão do espaço aéreo deverá estar “completamente operacional em 2021”, antes da entrada em operação do aeroporto do Montijo.

Governo aprova proposta para registo de identificação dos passageiros aéreos

25-05-2018 (16h59)

A proposta de lei que vai permitir às companhias aéreas transmitir dados dos viajantes para um registo de identificação dos passageiros (PNR, na sigla em inglês) como forma de prevenir terrorismo e criminalidade grave foi aprovada pelo Governo.

TAP transporta +19% de passageiros entre Portugal e Espanha e alcança quota de 42,2%

25-05-2018 (16h38)

A TAP reforçou a liderança do transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha com um crescimento 16% ou 2,6 pontos mais forte que o mercado no primeiro quadrimestre, o que lhe deu um reforço da quota de mercado em 0,9 pontos, para 42,2%, ainda que tenha baixado no Aeroporto de Madrid, onde a líder é a Iberia que este ano começou a ter também voos de/para o Porto.

Sevilha é a principal rota espanhola da TAP depois de Madrid e Barcelona

25-05-2018 (16h36)

A TAP transportou até Abril 40 mil passageiros em voos de/para Sevilha, o que faz da capital andaluza a primeira origem/destino em Espanha depois das duas grandes metrópoles, Madrid e Barcelona, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR.