Sesimbra estima retorno de um milhão de euros com campeonato de vela

12-07-2018 (18h56)

O Campeonato Europeu de Júniores de Vela, que juntou 400 atletas de 20 países ao longo de dez dias em Sesimbra, terá tido um retorno económico superior a um milhão de euros, estima a organização.

O evento, que juntou jovens entre os 16 e os 24 anos num total de cerca de 200 barcos, “é uma forma de promoção de Sesimbra como destino de mar, com excelentes condições para a prática de vela”, sublinha um comunicado, indicando que estiveram representados 15 países europeus e cinco países do resto do mundo.

“A vida é cheia de memórias e espero que estes jovens e as suas famílias, que os acompanharam, levem as melhores memórias de Sesimbra. Para nós foi um orgulho receber jovens de todo o mundo durante estes dias, que levem Sesimbra no coração e que voltem para treinar vela e para desfrutar do que temos para oferecer, estamos de braços abertos para os receber”, disse Francisco Jesus, presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, citado no comunicado.

“Sesimbra deve promover-se não apenas no conceito de sol e mar, mas também no usufruto para a vela, para a náutica de recreio, para o mergulho, para o qual somos um dos principais spots do país e do mundo, entre outras actividades. Temos uma costa e muito património natural para explorar, de uma forma sustentada, que é o que nós queremos e que faz o posicionamento de Sesimbra”, acrescentou Francisco Jesus.

César Medalha Pratas, director da Vela do Clube Naval de Sesimbra, salientou por sua vez que “receber este campeonato em Sesimbra é sinónimo de que estamos a cumprir a nossa missão na divulgação internacional da excelência das nossas águas para a modalidade, bem como reforça o investimento que temos feito na formação das classes mais jovens e no aumento de adeptos de vela”.

A competição, que se realiza anualmente em diferentes países europeus, foi organizada pelo Clube Naval de Sesimbra, em parceria com a Câmara Municipal de Sesimbra e com o apoio da Federação Portuguesa de Vela, das Classes Internacionais de 420 e 470, da APSS - Administração dos Porto de Setúbal e Sesimbra e da Autoridade Marítima Nacional.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo açoriano reforça capital social da SATA Air Açores em 27 milhões de euros

16-07-2018 (16h31)

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço em 27 milhões de euros do capital social da SATA Air Açores, companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas ações".

Grupo SATA encerra contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros

16-07-2018 (13h32)

O Grupo SATA encerrou as contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros, valor que quase triplicou em relação a 2016 (14 milhões), revela o relatório e contas da companhia, a que a Lusa teve acesso.

Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal recebe +9,5% de visitantes

16-07-2018 (12h10)

O número de visitantes da Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal (Setúbal) voltou a aumentar neste 1.º semestre, atingindo mais 9,5% em comparação com igual período de 2017 e 26% face a 2016.

António Teixeira é o novo presidente do conselho de administração da SATA

16-07-2018 (11h28)

O Governo dos Açores anunciou a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do conselho de administração da SATA, substituindo Paulo Menezes, que ocupa o cargo desde o final de 2015.

Vítor Costa reeleito presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa

16-07-2018 (10h55)

Vítor Costa foi reeleito para um segundo mandato como presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), para o período 2018-2023, numa lista da qual fazem parte Bernardino Soares e Bernardo Trindade.