Seria “excelente” começar o Click2Portugal com 400 hotéis – Cristina Siza Vieira, AHP

16-05-2018 (21h42)

O Click2Portugal, um projecto da AHP para agregar hotéis em Portugal num único site que permite reserva directa, está a iniciar a fase de integração de unidades para ser lançado no último trimestre deste ano, altura em que, segundo disse hoje a presidente executiva da Associação, Cristina Siza Vieira, seria “excelente” contar com 400 unidades.

O Click2Portugal, que foi apresentado à imprensa esta quarta-feira, 16 de Maio, conta já com mais de uma centena de unidades em integração, mas é “work in progress”, disse Cristina Siza Vieira, antes de avaliar que seria “excelente” lançar a plataforma “aí com uns 400 hotéis”.

A plataforma, desenvolvida em parceria com a Guestcentric, é de adesão gratuita para os hoteleiros e as reservas efectuadas são isentas de comissões.

Os hotéis que pretenderem aderir terão de fornecer imagens e/ou vídeo e informação sobre a sua oferta, conteúdos sobre os quais a AHP fará uma revisão antes de integrar na plataforma, uma vez que o objectivo é criar “um standard elevado na hotelaria portuguesa”.

Uma das vantagens destacada pela Associação é que a informação será traduzida em quatro idiomas, designadamente inglês, francês, espanhol e alemão.

Para os empreendimentos que não têm imagens e vídeo, a AHP fornece a criação desses conteúdos, com preços a começar nos 80 euros para fotografias e 250 euros para vídeo, valores podem variar consoante a dimensão das unidades.

Outra vantagem para os hoteleiros destacada na apresentação do Click2Portugal é que a plataforma integra outras soluções que os hotéis disponham, como channel managers e outras ferramentas.

Acresce ainda que no VisitPortugal, que é o portal do Turismo de Portugal, estará presente uma ligação ao Click2Portugal, o que, assim, responde a uma ambição do Governo de ter o portal directamente ligado à venda (clique para ler: Governo quer VisitPortugal com ligação directa à venda – Ana Mendes Godinho, SET).

O Click2Portugal é um projecto desenvolvido pela AHP, co-financiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (Compete 2020, Portugal 2020 e FEDER), e implicou um investimento de um milhão de euros.

O projecto tem um prazo de execução de três anos, incluindo o desenvolvimento da plataforma, conteúdos, a equipa de projecto e as campanhas de promoção internacional, tendo iniciado oficialmente em Maio de 2016.

O Click2Portugal será lançado no 4º trimestre deste ano e não como o PressTUR deu a entender na quinta-feira, dia 10 de Maio, ao noticiar que seria lançado a 16 de Maio, embora, de facto, tenha sido apresentado à imprensa hoje (clique para ler: AHP lança plataforma para venda de hotelaria portuguesa na próxima semana).

 

Continua em:

“Havia uma necessidade evidente” de requalificar o posicionamento online da hotelaria portuguesa – Cristina Siza Vieira, AHP

 

Clique para mais notícias: AHP

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

SATA Azores Airlines renova website para apresentar conteúdos consoante o utilizador

20-07-2018 (17h09)

A SATA Azores Airlines renovou o seu website para apresentar uma “abordagem mais intuitiva e com conteúdos especialmente seleccionados de acordo com o mercado escolhido pelo cliente”, anunciou a companhia aérea.

Canadá é a origem/destino de passageiros com o aumento mais forte em Lisboa

20-07-2018 (16h54)

O Aeroporto de Lisboa teve no primeiro semestre um aumento quase para o dobro do número de passageiros em voos de/para o Canadá, que foi assim a origem/destino com o crescimento mais forte do período, embora em valor absoluto os maiores aumentos tenham sido nas ligações com a Alemanha, com Espanha, com França e com o Brasil.

França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Ryanair diz que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados já têm alternativas

20-07-2018 (16h34)

A Ryanair revelou hoje que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados na próxima quarta e quinta-feira, dias de greve de tripulantes de cabina em Portugal, Espanha e Bélgica, já remarcaram os seus voos ou pediram reembolso.

Deco faz queixa da Ryanair por venda de voos após pré-aviso de greve

20-07-2018 (12h59)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) fez queixa à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) contra a companhia aérea Ryanair por “prática comercial desleal” devido à venda de voos após o pré-aviso de greve.