Recuperação do Hotel de Turismo da Guarda afinal vai ser com a com a Greenfield - Câmara

10-09-2019 (21h34)

O consórcio MRG Property e MRG Construction, que ganhou o concurso para a recuperação do Hotel de Turismo da Guarda, vai ceder a sua posição contratual à Greenfield SGPS, anunciou o presidente da Câmara.

A assinatura do contrato de cessão da posição está agendada para quinta-feira, às 11h00, no Turismo de Portugal, em Lisboa, especificou o presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, no final da reunião quinzenal do executivo.

O autarca afirmou que com a Greenfield SGPS o Hotel de Turismo da Guarda “será vocacionado para o turismo de saúde no segmento de luxo” e terá cinco estrelas.

O futuro hotel, acrescentou, terá cem camas, 50 das quais em residência sénior as restantes em hotel de cinco estrelas.

“O investimento, reabilitação e equipamento será suportado pela Greenfield SGPS e ascende a um valor de 7,9 milhões de euros. Existe a convicção por parte desta empresa de que a primeira pedra será lançada no primeiro semestre de 2020, como momento simbólico do início das obras", disse Carlos Chaves Monteiro, aludindo a informações prestadas pela empresa.

O contrato de concessão de recuperação do Hotel de Turismo da Guarda foi assinado a 4 de Maio de 2018 pelo presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, e pelos representantes do consórcio MRG Property e MRG Construction, referiu o gabinete da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, em nota de imprensa naquela data.

A concessão foi feita por 50 anos, no âmbito do programa Revive, e estimava-se na ocasião que o investimento total para a recuperação do edificado fosse de cerca de sete milhões de euros.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Revive

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Porto lidera aumento de dormidas na hotelaria em Julho

16-09-2019 (16h32)

O Porto foi o município com o maior aumento de dormidas em Julho, com mais 49,7 mil pernoitas que no mês homólogo de 2018 (+12,2%), mas sem pôr em causa a liderança do município de Lisboa em número de dormidas, com 1,326 milhões, que significaram 16,3% do total do país.

Quebra generalizada da estada média ‘come’ aumento de turistas alojados na hotelaria portuguesa

16-09-2019 (15h31)

O tempo médio de permanência de turistas em alojamentos turísticos portugueses caiu de forma generalizada no mês de Julho, pelo que, levando a que apesar se ter registado um aumento em 5,4% do número de hóspedes, em número de dormidas essa maior afluência de clientes traduziu-se num aumento de apenas 2,2%.

Mês de férias no Brasil ‘dá’ mais 51,7 mil dormidas ao alojamento turístico português

16-09-2019 (14h19)

Apesar das quebras de dormidas de nove dos 16 maiores emissores internacionais, a hotelaria portuguesa acabou Julho com mais 111,6 mil dormidas de turistas residentes no estrangeiros, graças nomeadamente ao aumento de 51,7 mil dormidas de residentes no Brasil, onde o mês de Julho é um dos mais fortes em turismo e viagens.

Governo português aprova medidas adicionais para eventual hard Brexit

12-09-2019 (15h11)

O Conselho de Ministros aprovou hoje medidas de contingência adicionais para o caso de o Reino Unido sair da União Europeia sem acordo (hard Brexit), estendendo o actual plano até ao final de 2020 em relação aos serviços financeiros e segurança social.

Portugal é “Destino Turístico Acessível” eleito pela Organização Mundial do Turismo

10-09-2019 (20h36)

Portugal é o primeiro país a receber o prémio “Destino Turístico Acessível” da Organização Mundial do Turismo (OMT), informou o Ministério da Economia, que referiu que a distinção foi entregue durante a 23ª Assembleia Geral da agência das Nações Unidas a decorrer em São Petersburgo, Rússia.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas