Raio danifica Airbus da Azores Airlines e provoca cancelamentos

11-04-2018 (15h38)

Foto: Airbus
Foto: Airbus

A Azores Airlines está hoje a operar com menos uma aeronave devido a um incidente ocorrido na terça-feira com um Airbus A320, que obrigou ao cancelamento das ligações Lisboa - Pico - Lisboa, disse hoje à agência Lusa fonte da empresa açoriana.

O porta-voz da SATA (que detém a marca Azores Airlines para ligações com o exterior do arquipélago) explicou que o incidente ocorreu na terça-feira, às 19h00, quando, à descolagem em Lisboa, o avião, com destino à ilha Terceira, foi atingido por um raio e teve de regressar à capital.

“Aquele voo acabaria por se realizar com outro aparelho, mas o A320 foi para manutenção para avaliação dos danos provocados, pelo que a frota da Azores Airlines está reduzida”, explicou António Portugal.

Actualmente a frota da Azores Airlines é constituída por três A320, dois A321 e um A330.

António Portugal adiantou ainda que hoje, e devido à falta da aeronave atingida pelo raio, a companhia aérea açoriana foi forçada a cancelar o voo Lisboa - Pico - Lisboa e os passageiros deste voo serão protegidos em ligações via Terceira e Ponta Delgada entre hoje e quinta-feira.

Em causa estão 140 passageiros no voo Lisboa - Pico e 53 na ligação Pico - Lisboa.

A aeronave atingida pelo raio só deverá estar totalmente reparada durante o dia de hoje, segundo a SATA.

A Azores Airlines é, dentro do grupo SATA, o ramo de negócio que opera para fora do arquipélago, seja para Portugal continental, Madeira ou estrangeiro.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Azores Airlines

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Comentários
  • Agnelo Dias

    Sabendo-se que um Avião está protegido contra raios por ser uma gaiola de Faraday perfeita, gostaria de saber qual foi a parte do Avião que foi afectada?

    11-04-2018 (23h57)


Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

CVC agrega mais uma participada b2b com a compra do consolidador Esferatur

14-08-2018 (16h26)

A brasileira CVC, maior grupo latino americano de organização e comercialização de viagens, anunciou hoje um reforço do seu portefólio de produtos e serviços para o mercado profissional através da aquisição da Esferatur, classificada como um dos maiores consolidadores do mercado brasileiro, com vendas de bilhetes de avião na ordem de 1,8 mil milhões de reais (cerca de 407 milhões de euros).

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.