Produtores de cinema visitam Portugal em Outubro para conhecer possíveis cenários para filmes

25-06-2018 (17h58)

Produtores internacionais de cinema vão estar em Portugal, em Outubro, para conhecerem a diversidade do país em termos de possíveis cenários para filmagens, informou hoje a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

“Já em Outubro vamos ter uma fam trip [viagem de familiarização] de produtores internacionais, que vêm a Portugal ver a diversidade de cenários que nós temos, para verem ‘in loco’ possíveis localizações para filmagens internacionais”, anunciou a governante, reportando-se ao novo programa de captação de filmagens.

Ana Mendes Godinho disse que nesta viagem de reconhecimento irão participar “produtores americanos, canadianos e europeus, que vão andar pelo país todo” para lhes ser mostrada a diversidade do país.

“É uma das vantagens que Portugal tem para filmagens internacionais porque permite cenários completamente diferentes, num curto espaço de tempo”, argumentou.

Questionada sobre números do programa, Ana Mendes Godinho indicou haver “vários filmes que já apresentaram propostas para filmarem em Portugal”, ao abrigo da iniciativa, que tem a “grande capacidade de posicionar Portugal internacionalmente como um dos destinos mais apelativos e competitivos para filmagens”.

Para a secretária de Estado, até haver este Fundo de Apoio ao Turismo e ao Cinema, “Portugal estava completamente fora do mapa dos produtores internacionais”.

Este novo Fundo de Apoio ao Turismo e ao Cinema, que tem como objectivo apoiar iniciativas que contribuam para promover Portugal como destino turístico todo o ano, vem substituir o benefício fiscal à produção de filmes em território nacional, segundo o decreto-lei que entrou em vigor no passado dia 20.

A constituição do fundo foi publicada em Diário da República, no dia 19 de Junho, prevendo um valor de até 50 milhões de euros, para incentivar a produção de cinema internacional em Portugal, através do Turismo de Portugal, organismo que vai gerir este apoio, em articulação com o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA).

Com um capital inicial realizado de 30 milhões de euros, segundo o diploma, dez milhões serão canalizados para captação de grandes eventos internacionais, outros dez milhões serão para o apoio às empresas e mais dez milhões de euros serão aplicados anualmente como incentivo à produção cinematográfica e captação de filmagens.

O texto do diploma indica ainda que o capital do Fundo pode atingir "posteriormente até 50 milhões de euros, integralmente realizado pelo Turismo de Portugal, com recursos do respectivo saldo de gerência, incluindo 20 milhões de euros provenientes de reembolsos de beneficiários de fundos europeus".

Este reforço de 20 milhões de euros "pode verificar-se entre 2018 e 2020, em função da sua execução e da avaliação" do impacto da sua aplicação.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Ver também:

Governo cria fundo de apoio ao cinema para atrair mais turismo para Portugal

ICA já foi solicitado para dez projectos internacionais de filmagens em Portugal

 

Clique para mais ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP convida agentes de viagens para apresentar novos destinos e NewGen ISS da IATA

19-07-2019 (17h24)

A TAP agendou para a próxima semana três apresentações para agentes de viagens, em Lisboa, Leiria e Porto, nas quais tem programado apresentar os seus novos destinos e esclarecer dúvidas sobre o NewGen ISS da IATA.

Startup Lisboa abre candidaturas para programa de aceleração From Start-To-Table

19-07-2019 (15h20)

A incubadora de empresas Startup Lisboa tem a decorrer até 15 de Setembro as candidaturas para a 2ª edição do programa de aceleração From Start-To-Table, destinada a projectos do setor da restauração.

Plano estratégico da TAP “não está comprometido, está reafirmado”, Antonoaldo Neves

19-07-2019 (12h25)

O plano estratégico da TAP “não está comprometido, está reafirmado”, disse o presidente executivo da companhia, Antonoaldo Neves, remetendo para os accionistas a análise da satisfação com os seus resultados.

CEO da TAP diz que ‘fake news’ sobre aviões A330neo “não têm afectado” as vendas

19-07-2019 (11h59)

“As ‘fake news’ sobre esse avião começaram há muito tempo e felizmente não têm afectado a venda de passagens, porque na ‘media’ mundial não saem”, disse o presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves, a propósito das indisposições a bordo dos aviões A330neo da companhia.

TAP tem “65% do volume de combustível protegido”, Antonoaldo Neves

19-07-2019 (11h39)

A TAP tem actualmente “65% do volume de combustível protegido” das variações do preço do petróleo, afirmou o presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves.

Noticias mais lidas