Portugal teve 4º pior desempenho da UE em dormidas de turistas estrangeiros em 2018

23-01-2019 (15h08)

Foto: WorldHotels Collection
Foto: WorldHotels Collection

Portugal foi um dos quatro países da União Europeia que em 2018 tiveram menos dormidas de turistas residentes no estrangeiro que em 2017, ainda que apenas pena margem mínima, em 0,1%, segundo as estimativas avançadas hoje pelo Eurostat, organismo de estatísticas da UE.

A informação do Eurostat posiciona Portugal como o 11º país da União Europeia em dormidas no alojamento turístico, com 73,3 milhões, situando-se em 9º em pernoitas de turistas não residentes, com 48,8 milhões, e 12º em dormidas de residentes, com 24,4 milhões.

Este segmento dos residentes, que em Portugal representa apenas 33% das dormidas no alojamento turístico, face a uma média na UE de 54%, foi porém o que sustentou um aumento das pernoitas em 2018 em 1,7%, ao registar um aumento em 5,5% que quase anulou a quebra das pernoitas de não residentes em 0,1%.

A informação divulgada hoje, pelo Eurostat, que é uma extrapolação a partir dos dados dos institutos de estatísticas nacionais relativos aos primeiros dez ou onze meses, indica que o alojamento turístico dos países da União Europeia tiveram em 2018 um aumento das dormidas em 2,2%, para 3.123,2 milhões, com +2% em dormidas de não residentes, somando 1.444,8 milhões, e +2,3% em dormidas de residentes, para 1.678,4 milhões.

Espanha é apontado como o país líder da União Europeia com 467 milhões de dormidas no seu alojamento turístico, porque é o nº1 em dormidas de não residentes, com 300,9 milhões, e 5º em dormidas de residentes, com 166 milhões.

Seguem-se França, com 443,5 milhões de pernoitas, Itália, com 428,7 milhões, Alemanha, com 418,5 milhões, e Reino Unido, com 350,7 milhões.

Espanha foi o que teve o pior desempenho, com uma queda das pernoitas em 0,9%, por um decréscimo das dormidas de não residente sem 1,6%, apenas parcialmente compensada por um aumento das dormidas de residentes em 0,5%.

Dados do INE espanhol divulgados hoje apresentam, em relação aos hotéis espanhóis um balanço ‘menos negro’, indicando que tiveram 340,25 milhões de dormidas em 2018, em queda de 0,1% ou 331,2 mil, pela queda em 0,4% ou 980,7 mil dormidas de turistas não residentes, para 223,7 milhões, parcialmente compensada por um aumento das pernoitas de residentes em 0,6% ou 649,5 mil, para 116,48 milhões.

Para França, o Eurostat indica um aumento das dormidas em 2018 em 2,4%, com +5,8% nas pernoitas de não residentes para Itália indica aumento em 1,9%, com +1,7% nas pernoitas de não residentes, para a Alemanha indica um aumento em 4,3%, com +4,4% em dormidas de não residentes, e para o Reino Unido indica um aumento em 0,9%, com +0,6% nas pernoitas de não residentes.

O Eurostat especifica que os seus dados de dormidas incluem parques de campismo, parques de caravanas e trailers, além dos tradicionais hotéis e similares e casas de férias e bungalows.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Europa

Clique para mais notícias: Dormidas

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TUIfly Belgium altera rotação da ligação Brussels - Funchal no próximo Inverno

18-06-2019 (10h22)

A TUIfly Belgium, companhia de aviação belga do maior grupo europeu de agências de viagens e operadores turísticos, vai ligar Bruxelas ao Funchal com escala em Tenerife Sul no próximo Inverno IATA.

TAP inicia rotas de Tenerife e Nápoles e passa a ter 201 voos/semana para Espanha e cem para Itália

18-06-2019 (13h29)

A TAP já inaugurou as suas novas rotas de médio curso à partida de Lisboa, Tenerife, nas Canárias, Espanha, e Nápoles, em Itália, ambas com voos diários respectivamente desde 61 euros por ida e desde 65 euros por ida, segundo informação da companhia que realça que passa a ter 11 rotas para Espanha e seis para Itália.

Área das Aldeias Históricas conta com 22 Biosphere Commited Companies

18-06-2019 (16h02)

Vinte e duas empresas que operam na área das 12 Aldeias Históricas de Portugal receberam hoje certificados Biosphere Commited Companie, atribuídos pela Biosphere Responsible Tourism, que garante a qualidade do serviço prestado aos visitantes.

Alga vermelha interdita praias algarvias entre Ilha do Farol e Vilamoura

18-06-2019 (10h24)

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos “por precaução” devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde, disse hoje o director regional do Ambiente.

Neeleman diz que a TAP vai ter o novo Airbus A321XLR

18-06-2019 (11h50)

David Neeleman, accionista de referência da TAP, anunciou que a companhia vai encomendar o novo Airbus A321XLR, poucas horas depois de o fabricante europeu ter apresentado o seu novo avião no salão aeronáutico de Paris.

Noticias mais lidas