Portugal teve 4º pior desempenho da UE em dormidas de turistas estrangeiros em 2018

23-01-2019 (15h08)

Foto: WorldHotels Collection
Foto: WorldHotels Collection

Portugal foi um dos quatro países da União Europeia que em 2018 tiveram menos dormidas de turistas residentes no estrangeiro que em 2017, ainda que apenas pena margem mínima, em 0,1%, segundo as estimativas avançadas hoje pelo Eurostat, organismo de estatísticas da UE.

A informação do Eurostat posiciona Portugal como o 11º país da União Europeia em dormidas no alojamento turístico, com 73,3 milhões, situando-se em 9º em pernoitas de turistas não residentes, com 48,8 milhões, e 12º em dormidas de residentes, com 24,4 milhões.

Este segmento dos residentes, que em Portugal representa apenas 33% das dormidas no alojamento turístico, face a uma média na UE de 54%, foi porém o que sustentou um aumento das pernoitas em 2018 em 1,7%, ao registar um aumento em 5,5% que quase anulou a quebra das pernoitas de não residentes em 0,1%.

A informação divulgada hoje, pelo Eurostat, que é uma extrapolação a partir dos dados dos institutos de estatísticas nacionais relativos aos primeiros dez ou onze meses, indica que o alojamento turístico dos países da União Europeia tiveram em 2018 um aumento das dormidas em 2,2%, para 3.123,2 milhões, com +2% em dormidas de não residentes, somando 1.444,8 milhões, e +2,3% em dormidas de residentes, para 1.678,4 milhões.

Espanha é apontado como o país líder da União Europeia com 467 milhões de dormidas no seu alojamento turístico, porque é o nº1 em dormidas de não residentes, com 300,9 milhões, e 5º em dormidas de residentes, com 166 milhões.

Seguem-se França, com 443,5 milhões de pernoitas, Itália, com 428,7 milhões, Alemanha, com 418,5 milhões, e Reino Unido, com 350,7 milhões.

Espanha foi o que teve o pior desempenho, com uma queda das pernoitas em 0,9%, por um decréscimo das dormidas de não residente sem 1,6%, apenas parcialmente compensada por um aumento das dormidas de residentes em 0,5%.

Dados do INE espanhol divulgados hoje apresentam, em relação aos hotéis espanhóis um balanço ‘menos negro’, indicando que tiveram 340,25 milhões de dormidas em 2018, em queda de 0,1% ou 331,2 mil, pela queda em 0,4% ou 980,7 mil dormidas de turistas não residentes, para 223,7 milhões, parcialmente compensada por um aumento das pernoitas de residentes em 0,6% ou 649,5 mil, para 116,48 milhões.

Para França, o Eurostat indica um aumento das dormidas em 2018 em 2,4%, com +5,8% nas pernoitas de não residentes para Itália indica aumento em 1,9%, com +1,7% nas pernoitas de não residentes, para a Alemanha indica um aumento em 4,3%, com +4,4% em dormidas de não residentes, e para o Reino Unido indica um aumento em 0,9%, com +0,6% nas pernoitas de não residentes.

O Eurostat especifica que os seus dados de dormidas incluem parques de campismo, parques de caravanas e trailers, além dos tradicionais hotéis e similares e casas de férias e bungalows.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Europa

Clique para mais notícias: Dormidas

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dominicana: Crescimento das chegadas dos EUA compensa quebra de turistas europeus

26-03-2019 (16h13)

A República Dominicana está a manter este início de 2019 o padrão de desenvolvimento do turismo internacional que já apresentava em 2018, com o crescimento a basear-se no aumento a dois dígitos das chegadas dos Estados Unidos, que mais do que compensa  quebra de turistas europeus, incluindo portugueses.

Lisboa é 18º melhor destino do mundo para os utilizadores do TripAdvisor

26-03-2019 (13h09)

Os utilizadores do TripAdvisor colocaram Lisboa na 18ª posição entre os 25 melhores destinos do mundo para visitar em 2019, uma lista encabeçada por Londres, Paris e Roma.

Reuniões regionais do Grupo GEA começam amanhã e passam por cinco cidades

25-03-2019 (18h13)

A rede de agências de viagens independentes GEA vai promover entre 26 de Março e 4 de Abril as suas reuniões regionais, nas quais procurará alinhar a estratégia do grupo, apresentar novas ferramentas tecnológicas e debater alterações internas e externas à actividade.

Tailândia recebeu mais de 50 mil turistas portugueses em 2018

25-03-2019 (16h32)

A Tailândia recebeu no ano passado mais 4,3% ou mais 2.080 turistas portugueses que em 2017, um crescimento que permitiu superar pela primeira vez a marca dos 50 mil turistas num ano.

Vila Galé Douro Vineyards abre na próxima segunda-feira

25-03-2019 (16h08)

A Vila Galé anunciou que vai abrir em ‘soft opening’ na próxima segunda-feira, dia 1 de Abril, o seu novo hotel no Norte de Portugal, o Vila Galé Douro Vineyards, que terá exposta uma obra de Saimir Strati, um artista plástico premiado com dez recordes mundiais do Guinness.