Porto Covo vai proibir circulação de autocaravanas no perímetro urbano

04-06-2019 (13h25)

Foto: Câmara Municipal de Sines / www.sines.pt
Foto: Câmara Municipal de Sines / www.sines.pt

A Junta de Freguesia de Porto Covo, no concelho de Sines, vai proibir a circulação de autocaravanas no perímetro urbano da aldeia turística a partir deste Verão.

“Vamos fechar o perímetro urbano para impedir a circulação dos autocaravanistas, porque a freguesia não tem condições para receber tantas autocaravanas durante o Verão e ao longo do ano e tem de haver este tipo de restrições”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Junta de Freguesia de Porto Covo, Cláudio Rosa.

O aumento do caravanismo e do campismo selvagem tem preocupado os autarcas do litoral alentejano, que se queixam de falta de fiscalização e de legislação para controlar o número de autocaravanas que ocupam estacionamento no interior das localidades e ao longo da faixa costeira.

“Vamos colocar sinalética em vários locais, cerca de 26 placas, a informar da proibição de circulação e pernoita dentro do perímetro urbano, ficando os autocaravanistas com a circulação destinada para os parques de campismo, farmácia e mercado municipal”, acrescentou.

De acordo com o autarca, só na freguesia de Porto Covo existem três parques de campismo, “que cobram uma diária”, e “com capacidade para 320 lugares de estacionamento” para autocaravanas.

“Necessitamos dos estacionamentos porque Porto Covo vai crescendo em termos habitacionais. A área de estacionamento não acompanha essa evolução e temos de criar essa restrição, não só de acesso às zonas balneares, mas mesmo dentro do perímetro urbano porque, na época balnear, certas ruas são intransitáveis”, lamentou.

Perante as constantes queixas dos moradores, Cláudio Rosa referiu ser “impossível fazer um conjunto de regras para os dois tipos de autocaravanistas, porque há os bons e os maus que entendiam que nem deviam pagar uma quantia de três euros para estacionar num espaço gerido por um clube da terra, que acabou por encerrar”.

“Também nas praias já existe sinalética a proibir o estacionamento, mas não cabe à Junta de Freguesia, nem à Câmara Municipal [de Sines] fazer cumprir as regras, mas sim às entidades competentes”, alertou.

O autarca de Porto Covo sublinhou que a interdição “não é uma bandeira” da junta de freguesia “que não está a proibir o acesso" à localidade, mas a “encaminhar para os locais apropriados que são os parques de campismo”.

“Espero que haja um investimento privado para construir um parque de autocaravanas, porque não queremos mandar ninguém embora mas também não podemos ver quase 100 caravanas junto às nossas falésias e não termos estacionamentos disponíveis para as pessoas irem para as praias”, concluiu.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto de Lisboa vai ter uma nova área de chegadas com mais cinco postos de controlo

21-08-2019 (16h30)

O aeroporto de Lisboa vai ter a partir de final de Setembro/início de Outubro mais cinco postos de controlo do Serviço de Estangeiros e Fronteiras (SEF) numa nova área de chegadas, disse Isabel Oneto, secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna.

Macau recebeu mais 8% de turistas portugueses até Julho

21-08-2019 (16h16)

Macau recebeu 6.905 turistas portugueses nos primeiros sete meses do ano, o que corresponde a um aumento de 8% ou mais 509 turistas que no período homólogo do ano passado, segundo dados oficiais divulgados hoje.

Lisboa foi Top5 de crescimento de passageiros na Europa no primeiro semestre

21-08-2019 (15h37)

O ACI Europa, associação que reúne mais de 500 aeroportos europeus, cotou o Aeroporto de Lisboa como um dos grandes aeroportos do continente com mais forte crescimento do número de passageiros no primeiro semestre.

Tráfego aéreo de/para Portugal cresce acima da média da UE no 1º semestre

21-08-2019 (15h29)

Portugal foi um dos países cujos aeroportos tiveram aumentos de passageiros no primeiro semestre “bem acima da média da União Europeia”, informou o ACI Europe, associação que conta com mais de 500 aeroportos em 45 países europeus, que em 2018 somaram mais de 2,3 mil milhões de passageiros.

Ryanair diz que no primeiro dia de greve do SNPVAC teve “mais funcionários” do que necessitava

21-08-2019 (12h29)

A Ryanair assegura, em informação publicada no seu website, que hoje de manhã, primeiro dia de greve de tripulantes de cabina em Portugal convocada pelo SNPVAC, teve “mais funcionários” do que precisava para realizar todos os voos programados de/para aeroportos portugueses.

Noticias mais lidas