Passes sociais no Algarve vão custar entre 14 e 40 euros

19-04-2019 (17h50)

Os passes dos transportes públicos no Algarve vão ter preços entre 14 e 40 euros, representando uma redução superior a 80% relativamente ao tarifário actualmente em vigor, anunciou hoje a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL).

A decisão foi hoje aprovada na reunião desta entidade que representa os 16 municípios do Algarve e que funciona também como autoridade de transportes, prevendo-se que entre em vigor a 1 de Maio.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Comunidade Intermunicipal, Jorge Botelho, disse que a redução do preço dos passes dos transportes públicos, rodoviários e ferroviários na região algarvia, representa um investimento anual de mais de 600 mil euros para a AMAL, “verba que será entregue como compensação às concessionárias, como reforço do programa de apoio à redução tarifária”.

“É um passo importante para o reforço dos transportes públicos no Algarve e para a redução de veículos na via pública, contribuindo para uma melhoria da qualidade ambiental”, salientou.

Na opinião de Jorge Botelho, se houver mais pessoas a utilizarem os transportes públicos no Algarve, “será criada uma pressão positiva que, certamente, contribuirá para a melhoria dos transportes rodoviários e ferroviários da região”.

“Além de aumentar a procura e melhorar os transportes públicos, a região beneficia também com a redução do ruído”, destacou.

A associação está a desenvolver um projecto de mobilidade urbana sustentável, o Vamus, que “olha em conjunto para os transportes particulares e públicos com vista a que, a médio e longo prazos, as deslocações dentro e ou entre cidades algarvias sejam mais eficientes, mais inclusivas e mais amigas do ambiente”, adiantou o presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve.

A verba que vai ser entregue como compensação às concessionárias pela redução do preço dos passes em autocarros e comboios é suportada em 97,5% pelo Fundo Ambiental e em 2,5% pelas autarquias.

A AMAL recebe este ano cerca de 920 mil euros do Fundo Ambiental.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Algarve

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Programa nacional de segurança da aviação civil prevê auditorias aos aeroportos

23-08-2019 (13h43)

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros o diploma que define as responsabilidades dos intervenientes no sector da aviação na implementação das normas da aviação civil e que prevê a realização de auditorias aos aeroportos.

Turistas dos Estados Unidos despenderam em Portugal mais quase cem milhões de euros

22-08-2019 (15h25)

Os residentes nos Estados Unidos foram os turistas que mais aumentaram os gastos em Portugal no primeiro semestre, com uma subida de quase cem milhões de euros (98,97 milhões, de acordo com dados Banco de Portugal), que foi a maior e também a mais forte do período, atingindo 26,1%.

Espanha e Reino Unido reforçam atracção de gastos turísticos dos portugueses

22-08-2019 (14h31)

Espanha e Reino Unido foram os dois destinos que no primeiro semestre mais aumentaram as respectivas participações nos gastos turísticos dos portugueses, atingindo respectivamente 30,1% e 10,1%.

Gasto dos portugueses em turismo no estrangeiro atinge recorde de 2,5 mil milhões de euros no primeiro semestre

22-08-2019 (12h50)

Os gastos dos portugueses em viagens e turismo no estrangeiro, que em Junho completaram 78 meses consecutivos de aumentos homólogos mensais, atingiram no primeiro semestre o montante recorde para uma primeira metade do ano de 2,5 mil milhões de euros.

Turismo de Portugal tem dez milhões de euros para publicidade digital em 2020 e 2021

22-08-2019 (12h15)

O Governo autorizou hoje dez milhões de euros para a publicidade digital do Turismo de Portugal entre 2020 e 2021, segundo uma portaria hoje publicada em Diário da República.

Noticias mais lidas