Mortes por covid-19 em Portugal aumentam a dois dígitos nas regiões Norte, Centro e Lisboa

26-03-2020 (13h02)

As regiões Norte, Centro e Lisboa e Vale do Tejo tiveram ontem aumentos das mortes pela covid-19 a dois dígitos, em 40% no Norte, que é a região com mais óbitos, em 30% no Centro e em 50% em Lisboa e Vale do Tejo.

Entre quarta e quinta-feira, que foi o dia com maior aumento de mortes desde o início da pandemia, com mais 17, os óbitos no Norte subiram de 20 para 28, no Centro subiram de dez para treze e em Lisboa e Vale do Tejo subiram de 12 para 18.

O número de doentes curados também teve um aumento forte, em 95,5%, porém de apenas 22 para apenas 43.

Portugal ultrapassou até à meia noite de ontem os 3.500 doentes infectados pelo novo coronavírus, reflexo do segundo maior aumento diário, em 549, para 3.544, apenas menor que o aumento de terça para quarta-feira, que foi de 633, para 2.995.

As regiões com maiores aumentos de novos doentes no dia de ontem foram o Norte, com 341 (62,1% do aumento no dia), Lisboa e Vale do Tejo, com 90 (16,4% do aumento do dia), Centro, com 70 (12,8%), Algarve, com 27 (4,9%), Alentejo, com oito (1,5%), Açores, com sete (1,3%), enquanto para a Madeira o boletim da DGS de hoje tem menos um doente que o anterior.

Assim, até à meia noite de ontem Portugal tinha 1.858 doentes com covid-19 na região Norte (52,4% do total), 1.082 na região de Lisboa e Vale do Tejo (30,5%), 435 na região Centro (12,3%), 89 no Algarve (2,5%) 24 nos Açores (1,3%), 20 no Alentejo (0,6%), 15 na Madeira (0,4%) e 21 no estrangeiro (0,6%).

A informação da DGS relativamente aos doentes especifica que 5,4% ou 191 estão internados com 61 ou 1,7% dos infectados em unidades de cuidados intensivos.

Relativamente à informação sobre o dia 24 o número de internados baixa 30,8% ou 85, mantendo-se o total em cuidados intensivos.

Os dados da DGS mostram também que identificou desde o início da pandemia 22.257 suspeitos de serem portadores do vírus, +5,2% ou mais 1.102 que até à meia noite de quarta-feira, e indica também que desse total74,4% ou 16.568 foram considerados “não confirmados”, 2.145 ou 9,6% aguardam resultado laboratorial e o total de doentes confirmados (3.544) representa 15,9% desses ‘suspeitos’.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Mais de três quartos dos portugueses que pediram para voltar já foram repatriados

07-04-2020 (16h42)

Já regressaram a Portugal cerca de 3.700 cidadãos, mais de três quartos dos que pediram apoio para repatriamento devido à pandemia do novo coronavírus.

Azul ainda termina 1º trimestre a crescer, apesar do impacto da pandemia de covid-19

07-04-2020 (16h21)

A Azul, companhia brasileira que é accionista indirecta da TAP, indicou hoje que terminou o primeiro trimestre com um crescimento do tráfego em 10,8%, embora tendo registado uma quebra de 24,6% no mês de Março, em que se agravou a disseminação pelo mundo das infecções pelo novo coronavírus.

Mortes pela pandemia no mundo já são mais de 75 mil

07-04-2020 (14h47)

A pandemia de covid-19 matou mais de 75 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em Dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 9h45, a partir de dados oficiais, que indica um total de 75.538 óbitos e 1.350.759 doentes infectados.

Mortalidade pela covid-19 continua a subir em Portugal

07-04-2020 (14h44)

A mortalidade em Portugal de doentes infectados com o novo coronavírus situou-se até ontem em 2,8%, mantendo a tendência de subida quase diária desde o fim de Março, quando estava em 2,1%.

Aumento de infecções pelo coronavírus em Portugal volta à ordem das sete centenas

07-04-2020 (13h09)

Portugal identificou ontem mais 712 doentes com covid-19, o que deixa a descida de novos casos no Domingo em 40,1%, para 452, a carecer de consolidação, tanto mais quanto ainda no Sábado tinha havido um aumento de novos doentes em 18,2%.

Noticias mais lidas