Madeira quer continuar a crescer com os agentes de viagens

17-11-2019 (21h59)

“Temos estado juntos com os agentes de viagens e assim queremos continuar”, afirmou o secretário regional de Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, na cerimónia de encerramento do 45º Congresso da APAVT.

“Este ano, mobilizando 750 congressistas afirma-se a enorme capacidade, a grande oportunidade e um forte reconhecimento que é feito à APAVT”, afirmou o governante na sessão final do evento, que decorreu no Funchal de 14 a 17 de Novembro.

O Congresso da APAVT “foi particularmente importante para a Região Autónoma da Madeira” e para Eduardo Jesus em especial, entre outros motivos, porque permitiu encontros com companhias aéreas, entidades gestoras de aeroportos, operadores turísticos, agentes de viagens, com responsáveis por outras regiões de turismo e com o Turismo de Portugal.

Para Eduardo Jesus foram “16 reuniões de elevado interesse que deixam, inevitavelmente, o cunho da APAVT nas soluções que estamos a desenhar”.

“Temos estado juntos com os agentes de viagens e assim queremos continuar”, porque “sabemos que só fazendo parte deste importante sistema seremos melhores e mais capazes para enfrentar os desafios”, salientou o governante.

O programa de formação de agentes de viagens “Madeira Specialist” foi um dos exemplos do trabalho desenvolvido em conjunto com o sector, destacado por Eduardo Jesus, que avançou que “abrangeu cerca de um milhar de agentes de viagens nacionais”.

“A existência deste programa deixa clara a importância que a Região reconhece ao trabalho dos agentes de viagens e ao seu papel dinamizador nas vendas naquele que constitui o mercado natural da Região e uma das três principais origens deste destino, a par do Reino Unido e da Alemanha”, sublinhou o secretário regional do Turismo e Cultura da Madeira.

“Isto é tanto mais importante quando se sabe que, apesar da oferta digital crescente na internet, há um aumento das vendas nas agências de viagens, que, por sua vez, estão, também, presentes na oferta digital”, acrescentou.

A realização do Congresso da APAVT na Madeira este ano revelou-se “uma enorme oportunidade para o turismo da Madeira”, que enfrenta um cenário de mudança marcado por “falências de companhias de aviação e de operadores turísticos”, “feroz aposta de destinos concorrentes, sobretudo na bacia do Mediterrâneo”, “comportamentos geopolíticos cada vez mais inesperados” e “mega-tendências mundiais, onde a Ásia se afirma o centro das atenções”.

 

O PressTUR viajou a convite da APAVT

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: APAVT

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP promove sessão de esclarecimento sobre directiva dos serviços de pagamento

10-12-2019 (16h46)

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal promove na próxima segunda-feira, dia 16 de Dezembro, no Algarve, uma sessão de esclarecimento sobre a directiva dos serviços de pagamento.

Ilha do Sal ‘monopoliza’ cada vez mais a atracção dos turistas portugueses

10-12-2019 (16h06)

A hotelaria da ilha do Sal concentrou nos primeiros nove meses deste ano 50% dos turistas residentes em Portugal que se alojaram em estabelecimentos cabo-verdianos, acima do período do homólogo de 2018 em 3,5 pontos, por um crescimento em 18,7%, que compara com um aumento médio de turistas portugueses em Cabo Verde e 10,3%.

Cabo Verde está com crescimento a dois dígitos da procura de turistas portugueses

10-12-2019 (15h44)

A hotelaria de Cabo Verde regista até ao fim de Setembro crescimentos de 10,3% do número de hóspedes residentes em Portugal e de 10,2% das respectivas pernoitas, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados pelo INE cabo-verdiano.

Turismo português para Cabo Verde cresceu 16,1% este Verão

10-12-2019 (15h40)

A hotelaria de Cabo Verde teve este Verão um aumento em 16,1% das dormidas de turistas portugueses que, uma vez mais, foram o seu segundo maior mercado internacional, atrás apenas dos residentes no Reino Unido, concluiu o PressTUR com base nos dados publicados pelo INE cabo-verdiano.

Finnair vai fazer mais 37 voos Porto - Helsínquia em 2020

10-12-2019 (13h42)

A companhia de aviação finlandesa Finnair vai voar entre o Porto e Helsínquia em 2020 mais cerca de quatro meses que este ano, o que se traduzirá num aumento de 37 voos face a este ano, o primeiro de operação, que Rita Cascada, da APG, representante da companhia em Portugal, afirmou ao PressTUR ter sido “um êxito”.

Noticias mais lidas