João Fernandes eleito presidente da Região de Turismo do Algarve

14-05-2018 (18h26)

O vice-presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA) João Fernandes foi eleito para presidir ao organismo nos próximos cinco anos, substituindo o actual presidente, Desidério Silva.

João Fernandes foi eleito presidente da RTA depois de obter 17 votos, contra os 11 da lista encabeçada por Desidério Silva, na Assembleia Geral do organismo, na qual têm voto os 16 municípios da região, um elemento da CCDR/Algarve, 13 associações empresariais e dois sindicatos, disse à agência Lusa fonte da região de turismo.

Desidério Silva, candidato da lista B, esteve na presidência da RTA desde 2012, ano em que deixou a presidência da Câmara de Albufeira para assumir o cargo máximo do Turismo do Algarve, e será sucedido a partir de Agosto pelo até agora seu vice-presidente.

A Assembleia Geral eleitoral da RTA escolheu os órgãos dirigentes para o próximo quinquénio, elegendo ainda para a presidência da mesa da Assembleia Geral Elidérico Viegas, presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), candidato da única lista a sufrágio para esse órgão, que obteve 29 votos.

João Fernandes vai presidir assim à Região de Turismo do Algarve nos próximos cinco anos, até 2023, e comentou à Lusa a sua eleição, afirmando que se tratou de um "resultado claro". Elogiou ainda os opositores pela forma como actuaram durante o período eleitoral.

"Tenho a saudar o processo de candidatura e de eleição, e mesmo o processo de votação. Foi um processo com muita discrição e lisura entre as partes, e isso é de saudar, porque toda a gente pôs em primeira instância a importância da Região de Turismo e do destino, e isso é uma boa base para um trabalho de futuro em que é preciso contar com todos", congratulou-se o presidente eleito da RTA.

João Fernandes escusou-se a falar, para já, de linhas programáticas, porque o actual presidente só vai deixar o cargo em Agosto, mas considerou que tem "uma boa equipa" e um conhecimento da equipa da RTA adquirido no último mandato que lhe permite ser optimista.

"Tenho uma boa equipa, a RTA tem um quadro de colaboradores com quem eu tive oportunidade de trabalhar nos últimos cinco anos e a quem eu reconheço muito qualidade, muito potencial e que ainda pode crescer. Mas sim, estou ansioso, disponível, interessado e muito motivado para abraçar este desafio", disse ainda o presidente eleito da RTA.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Bestravel lança solução digital para tratamento de dados e gestão da nova directiva

25-05-2018 (17h12)

A Bestravel anunciou que vai disponibilizar às suas agências de viagens uma solução digital para recolha e tratamento de dados pessoais e para a gestão documental pré-contratual e contratual exigida pela nova Directiva das viagens.

Novo sistema de gestão do espaço aéreo “em princípio, estará completamente operacional em 2021” - NAV

25-05-2018 (17h04)

O presidente da NAV Portugal, Jorge Ponce de Leão, afirmou que o novo sistema de gestão do espaço aéreo deverá estar “completamente operacional em 2021”, antes da entrada em operação do aeroporto do Montijo.

Governo aprova proposta para registo de identificação dos passageiros aéreos

25-05-2018 (16h59)

A proposta de lei que vai permitir às companhias aéreas transmitir dados dos viajantes para um registo de identificação dos passageiros (PNR, na sigla em inglês) como forma de prevenir terrorismo e criminalidade grave foi aprovada pelo Governo.

TAP transporta +19% de passageiros entre Portugal e Espanha e alcança quota de 42,2%

25-05-2018 (16h38)

A TAP reforçou a liderança do transporte aéreo de passageiros entre Portugal e Espanha com um crescimento 16% ou 2,6 pontos mais forte que o mercado no primeiro quadrimestre, o que lhe deu um reforço da quota de mercado em 0,9 pontos, para 42,2%, ainda que tenha baixado no Aeroporto de Madrid, onde a líder é a Iberia que este ano começou a ter também voos de/para o Porto.

Sevilha é a principal rota espanhola da TAP depois de Madrid e Barcelona

25-05-2018 (16h36)

A TAP transportou até Abril 40 mil passageiros em voos de/para Sevilha, o que faz da capital andaluza a primeira origem/destino em Espanha depois das duas grandes metrópoles, Madrid e Barcelona, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR.