ITP apresenta ProTurismo, novo barómetro para a monitorização dos mercados emissores

14-09-2005 (14h00)

Projecto custa um milhão de euros a três anos

Proporcionar aos gestores de turismo o conhecimento sobre as expectativas e motivações dos consumidores, oportunidades e ameaças em cada mercado, dados conjunturais, estatísticas e notícias actualizadas dos sete principais mercados emissores de turismo para Portugal é o grande objectivo do ProTurismo, a nova ferramenta online que o Instituto de Turismo de Portugal (ITP) apresentou hoje ao trade.

“Hoje é o arranque oficial do site”, disse o presidente do ITP, Orlando Carrasco, esclarecendo que nos últimos meses o ProTurismo, embora acessível no endereço www.iturismo.pt/proturismo tem estado em fase experimental.

Criado em parceria com a consultora Neoturis, o novo barómetro dos mercados emissores constitui, segundo Orlando Carrasco, “um projecto arrojado que não é barato” cujo desenvolvimento se iniciou este ano e prevê um investimento de um milhão de euros a três anos.

A Alemanha, Espanha, França, Holanda, Itália, Reino Unido e Suécia são os mercados emissores sobre os quais o ProTurismo disponibiliza informação nesta primeira fase.

Segundo Luís Costa, o responsável do ITP pelo projecto, a evolução do site será feita sobre três eixos, designadamente aumentando e aprofundando o volume de informação através da integração de mais mercados, perspectivas e temática, melhorando a qualidade da informação, ajustando-a às necessidades dos utilizadores e função do feed-back recebido que será monitorizado trimestralmente e pelo acréscimo de “mais inteligência” ao sistema, nomeadamente possibilitando novas formas de combinação e cruzamento de formação.

 

Acesso gratuito

 

 

 

O acesso ao site é gratuito, condicionado apenas a um registo inicial através dum endereço de email, medida que segundo Luís Costa se destina a conhecer o perfil dos utilizadores e o tipo de informação que mais procuram para ajudar à evolução do ProTurismo.

A este propósito Frederico Costa, membro do conselho directivo do ITP, referiu que dentro de seis meses, no início de 2006, será realizado um inquérito junto dos utilizadores do site para fazer um balanço da sua eficácia e detectar as áreas prioritárias de evolução.

 

Informação táctica para os profissionais do sector

 

Qual a quota que o mercado britânico detém no mercado português, a posição de Portugal no ranking europeu de receitas turísticas, a popularidade das reservas via Internet entre os suecos, a visibilidade de Lisboa no mercado turístico online, a competitividade dos preços da capital face aos seus concorrentes, quais as motivações dos alemães no planeamento das suas férias do Verão 2005 ou a evolução das reservas no mercado holandês são algumas das questões a que o ProTurismo oferece uma resposta, exemplificou Eduardo Abreu, da Neoturis.

Para Eduardo Abreu, o projecto visa “detectar, dispor e facultar” informação táctica para os profissionais do sector, nomeadamente sobre os principais operadores turísticos, canais de distribuição e modo de viagem em cada um dos mercados alvo.

As fontes de informação, explicou este responsável, integram o próprio ITP, as delegações do ICEP, a Organização Mundial do Turismo (OMT), o Instituto Nacional de Estatística (INE), a Direcção Geral de Turismo (DGT), institutos de estatística de diversos países, consultoras e empresas de estudos de mercado e imprensa especializada estrangeira.

A cerimónia de lançamento do ProTurismo decorreu hoje no ITP, presidida pelo secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, tendo reunido dirigentes associativos, empresários e gestores do sector e a imprensa.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Empreendimentos turísticos de Monchique reabrem após grande incêndio

14-08-2018 (18h46)

O Macdonald Monchique Resort & Spa, em Caldas de Monchique, Algarve, vai reabrir na quinta-feira, depois de ter encerrado devido ao incêndio que durante uma semana atingiu a serra de Monchique.

Governo dos Açores considera “prematuro” falar da proposta de compra da Azores Airlines

14-08-2018 (18h21)

A secretária regional dos Transportes e Obras Públicas dos Açores afirmou ontem ser “absolutamente prematuro” pronunciar-se sobre o processo de alienação de 49% do capital da Azores Airlines, uma vez que a proposta apresentada se encontra em análise.

CVC agrega mais uma participada b2b com a compra do consolidador Esferatur

14-08-2018 (16h26)

A brasileira CVC, maior grupo latino americano de organização e comercialização de viagens, anunciou hoje um reforço do seu portefólio de produtos e serviços para o mercado profissional através da aquisição da Esferatur, classificada como um dos maiores consolidadores do mercado brasileiro, com vendas de bilhetes de avião na ordem de 1,8 mil milhões de reais (cerca de 407 milhões de euros).

Apesar da ocupação a cair, subida de preços da hotelaria portuguesa até acelera em Junho

13-08-2018 (17h46)

Os clientes da hotelaria portuguesa pagaram em média este mês de Junho +11% por dormida, ainda que os dados do INE indiquem uma queda da ocupação, tendência que o sector tende normalmente a travar com descidas de preços para estimular a procura.

Hotelaria portuguesa perde 225,7 mil dormidas de estrangeiros em Junho e acaba semestre com menos 132,3 mil

13-08-2018 (16h00)

A hotelaria portuguesa, que estava a viver um ciclo de crescimentos acentuados sustentado pela procura internacional, acabou o primeiro semestre deste ano com queda do número de pernoitas de turistas estrangeiros, em grande medida pela dimensão da quebra em Junho, primeiro mês da época alta, no qual teve menos 225,7 mil (-5,1%) pernoitas de residentes no estrangeiro.