Investimento público vai chegar aos 10 mil milhões de euros em quatro anos, Pedro Siza Vieira

30-10-2019 (21h53)

O ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, afirmou no parlamento, no debate do Programa de Governo, que haverá 10 mil milhões de euros para investimento público durante a legislatura.

"O investimento público, em várias áreas, crescerá a um ritmo superior a 10% ao ano durante a legislatura, atingindo um valor de 10.000 milhões de euros no quadro da legislatura", afirmou Pedro Siza Vieira num discurso na Assembleia da República, em Lisboa.

A este montante "somar-se-ão mais de 3.000 milhões de euros de investimento privado nos portos e no reforço da capacidade aeroportuária em Lisboa e no Porto", o que segundo o também ministro de Estado e número dois do Governo, "constituirá, por si só, um factor de crescimento da economia".

Mas apesar do Governo "estar atento ao contexto externo e de ajustar a política económica, de forma responsável, à evolução da conjuntura", as "políticas públicas têm mesmo que apoiar o reforço do investimento público e privado".

"O Governo pretende usar os recursos ao seu dispor para o efeito", assegurou o ministro.

Pedro Siza Vieira disse que esses recursos compreendem "acelerar o ritmo do investimento público em áreas críticas, para assegurar infraestruturas modernas ao serviço das empresas e dos cidadãos".

De acordo com o programa de Governo, o investimento público compreende "a aposta na ferrovia, concluindo até ao fim da legislatura os investimentos previstos no ferrovia 2020, como o investimento previsto no corredor interior Norte, no corredor interior Sul e no corredor Norte-Sul".

O programa inclui ainda "o investimento na expansão dos metros de Lisboa e Porto e no sistema de mobilidade ligeira do Mondego", em "material circulante para aumentar a capacidade de resposta" nos metros, CP, Transtejo e sistema de mobilidade do Mondego.

O investimento público inclui ainda obras de renovação de vias, o programa nacional de regadios, no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e na modernização e requalificação de escolas.

Durante o seu discurso, Pedro Siza Vieira frisou o contexto de incerteza económica mundial, referindo que "a tensão mantém-se entre as principais economias mundiais".

"Portugal tem continuado a crescer acima da média europeia, mas a um ritmo inferior aos anos anteriores", reconheceu o número dois do Governo.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Número de doentes com Covid-19 ‘dispara’ 515 desde ontem na Região Norte

29-03-2020 (13h49)

A região Norte do País, que já era a que tinha mais doentes infectados pelo novo coronavírus, que provoca covid-19, agravou ontem essa situação ao registar um aumento de 515 novos doentes, com o qual passou a ter 59,5% do total de doentes covid em Portugal.

Número de internados em cuidados intensivos com covid-19 ‘disparou’ 55,1% ontem

29-03-2020 (12h54)

As unidades de cuidados intensivos em Portugal tiveram ontem um acréscimo em 55,1% do número de doentes com covid-19, atingindo um total de 138.

TAP agrava redução da operação para 99,7% e cessa todo o longo curso até início de Maio

28-03-2020 (23h15)

A TAP, que já tinha anunciado uma redução em quase 98% dos voos, a partir de 1 de Maio amplia a redução para 99,7%, nomeadamente parando todos os voos de longo curso e praticamente só fica com cinco voos por semana para Açores e Madeira e quatro para Londres Heathrow.

Profissionais de saúde registados como infectados já são 764

28-03-2020 (15h50)

A pandemia covid-19 infectou 764 profissionais de saúde em Portugal, revelou hoje em conferência de imprensa a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas.

TAP já fez 12 voos de repatriamento de África

28-03-2020 (13h57)

A companhia de aviação portuguesa fez hoje um balanço do que denomina “operação especial” para repatriar portugueses de países africanos, indicando que já transportou 3.500 em “12 voos extraordinários para Angola, São Tomé, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique”.

Noticias mais lidas