“Havia uma necessidade evidente” de requalificar o posicionamento online da hotelaria portuguesa – Cristina Siza Vieira, AHP

16-05-2018 (21h37)

Um estudo da AHP concluiu que 7% dos hotéis em Portugal não tem website e que, dos 1.406 que têm, 30% não tem motor de reservas, uma lacuna que a Associação pretende colmatar com o Click2Portugal, um agregador para venda directa de todos os hotéis portugueses.

A análise da AHP aos 1.511 hotéis e hotéis apartamentos registados no RNET até 29 de Maio de 2016 indica que 105 unidades, que correspondem a 7% do total, não tem website.

Das 1.406 unidades que têm website, 30% ou 426 não têm motor de reservas e 12% ou 175 não têm sequer um formulário para efectuar uma reserva, o que é “claramente uma situação débil”, frisou Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP, na apresentação da plataforma à imprensa esta quarta-feira, dia 16.

Acresce ainda que um quarto dos hotéis portugueses apenas tem tradução em inglês nos seus websites, o que pode ser “desmotivador” para alguns utilizadores.

Desta forma, a AHP concluiu que “havia uma necessidade evidente de requalificar a hotelaria nacional no seu posicionamento online”, frisou a presidente executiva da Associação, para salientar que “a melhoria do nível individual de cada um tem impacto sobre a média do todo, tem impacto sobre a forma como Portugal é visto e como se vende”.

Mas além de melhorar a presença online, o Click2Portugal também pretende “aumentar as reservas directas” dos hotéis, frisou na mesma apresentação Pedro Colaço, da empresa de soluções de e-commerce para hotelaria GuestCentric.

Uma análise às reservas de hotéis na Europa, segundo um estudo da Phocuswright citado na apresentação da AHP, indica que em 2013 as vendas directas representavam 9% do total de reservas, as OTAs representavam 22% e outros canais, 69%.

Em 2017, as vendas directas subiram para 12% do total das reservas de hotéis na Europa, assim como subiram as vendas através das OTAs, para 26%, e caíram as reservas em outros canais, para 62% do total.

 

Clique para mais notícias: AHP

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.

FC Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, nos Aliados

18-01-2019 (14h49)

O Futebol Clube do Porto vai construir um hotel de charme na sua antiga sede, na Avenida dos Aliados, e vai assinalar o início das obras com uma cerimónia na próxima segunda-feira, dia 21.

TAP confirma A321neo LR na rota Porto – Newark

18-01-2019 (11h56)

A TAP confirmou que a partir de 1 de Junho vai voar entre Porto e Nova Iorque Newark seis vezes por semana com um avião Airbus A321neo Long Range, como o PressTUR noticiou esta terça-feira, dia 15.