Forte de S. Miguel na Nazaré ultrapassa a marca das 250 mil visitas

17-01-2019 (17h46)

Foto: www.cm-nazare.pt
Foto: www.cm-nazare.pt

Visitantes são oriundos de 108 países

O Forte de S. Miguel Arcanjo bateu, em 2018, o recorde de visitas, contabilizando 250 mil, com visitantes oriundos de 108 países a marcar presença no monumento que foi visitado mais de 650 mil vezes, desde a sua abertura em 2015.

As visitas ao Forte de S. Miguel Arcanjo “alcançaram as 250 mil em 2018”, anunciou hoje a Câmara da Nazaré num comunicado em que evidencia “o crescimento turístico” da vila face a 2017.

O Forte, que desde a sua abertura ao público “já recebeu mais de 650 mil visitas”, continua a atrair, sobretudo os portugueses, com 88 mil visitas, seguido do mercado de brasileiro que contribuiu com 88 mil visitas.

Na lista dos países com mais visitas ao monumento associado à Praia do Norte e às ondas gigantes seguem-se a França (16 mil), Espanha (13 mil), Alemanha (8.281), Itália (7.304), Estados Unidos da América (3.918), Reino Unido (3.202), Rússia (2.976) e Canadá (1.889).

Os registos de entrada, divulgados pela câmara, demonstram ainda que entre as 108 nacionalidades que visitaram aquele local se contam cidadãos originários de países “menos regulares na região, tais como Madagáscar, Bangladesh, Zimbabué, Egipto, Tahiti, Indonésia, Nova Zelândia, Austrália, Japão, África do Sul, entre outros”.

Dados que o presidente da Câmara da Nazaré, Walter Chicharro, considera testemunharem “o momento alto de notoriedade” da vila, que se assume “cada vez mais, uma marca global".

Para o autarca, citado numa nota enviada às redações, “a aposta no 'surf' e na promoção das características únicas da Nazaré, como as tradições etnográficas e religiosas, mas também as ondas grandes geradas pelo canhão da Nazaré, um dos maiores desfiladeiros submarinos da Europa, deram os seus resultados”.

O crescimento turístico registado em 2018 foi também patente nos 43.559 visitantes de 102 nacionalidades que, segundo a câmara, procuraram os postos de turismo da Nazaré.

O Posto de Turismo do Mercado Municipal registou, em 2018, 22.972 visitas, e o do Sítio da Nazaré 20.587, números, refere o comunicado, que dão nota de ”um acréscimo de 7.633 pessoas”, só nos postos de turismo, face a 2017.

Os visitantes que pediram informações são oriundos de “102 nacionalidades dos cinco Continentes”, pode ler-se no documento, que aponta a França como o principal país emissor de turistas, com 28%.

Seguiram-se Espanha (22%), Portugal (11%), Brasil (6%), Alemanha (5%), Itália (4%), Canadá (3,5%) e Bélgica (3%).

Porém, apesar de não serem os países com maior número de visitas, Espanha, Brasil e Alemanha foram os que registaram maior crescimento na procura pela Nazaré, segundo os dados da autarquia.

Os portugueses, que continuaram a ser a terceira nacionalidade com mais visitas à Nazaré, deslocaram-se, sobretudo de Lisboa (35%), seguindo-se Porto (13%), Leiria (12%) e Braga (9%).

Já a maioria das visitas por parte de franceses (16%) chegaram de Nouvelle Aquitaine (região de Bordéus), seguidas das de Auvergne (região de Lyon), com 13%; de Île-de-France (região de Paris), com 12,50%; Pays de la Loire (região de Nantes), com 11%; Occitanie (região de Toulouse), com 11%, e Bretagne (região de Rennes), com 10%.

Os dados dos postos de turismo foram também discriminados quanto às visitas por parte de espanhóis, com origem nas várias comunidades autónomas, nomeadamente: Madrid (22%); Galiza (17%); País Basco (12%) e Castela e Leão (11,5%).

O Forte de S. Miguel Arcanjo é monumento militar maneirista mandado construir em 1577, por D. Sebastião, para defender a enseada da Nazaré dos ataques de piratas.

Desde 1903, tem instalado um farol de auxílio à navegação e nos últimos anos foi sede do projeto North Canyon, no âmbito do qual Garrett McNamara surfou em 2011, uma onda que lhe valeu um registo certificado pelo livro dos recordes do Guiness.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto do Porto também alcançou Top5 crescimento em 2019

26-02-2020 (15h00)

O Aeroporto do Porto teve em 2019 o 5º mais forte aumento de passageiros entre os aeroportos europeus que têm anualmente entre dez milhões e 25 milhões de passageiros.

Minor promove Miguel Garcia a director de Operações para hotéis urbanos em Portugal

26-02-2020 (14h57)

A Minor Hotels, proprietária da rede hoteleira Tivoli, promoveu Miguel Garcia para o cargo de director regional de Operações para Urban Hotels Portugal.

Aeroporto de Lisboa foi o 11º da Europa em aumento de passageiros em 2019

26-02-2020 (14h30)

O Aeroporto de Lisboa, “esgotado” há pelo menos dois anos, segundo a concessionária e o Governo, foi, ainda assim, o aeroporto europeu que teve o 11º maior aumento de passageiros no ano de 2019, com mais 2,16 milhões que em 2018 e mais 4,5 milhões que em 2017, segundo dados do Airports Council International, Europa.

LAM retoma ligações Maputo – Lisboa a 2 de Junho

26-02-2020 (14h24)

A companhia de aviação estatal moçambicana Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) anunciou que vai retomar as ligações Lisboa – Maputo no dia 2 de Junho, em vez de a 31 de Março, como previsto inicialmente.

easyJet vai voar entre Porto e Berlim este Verão

26-02-2020 (14h01)

A companhia aérea easyJet anunciou que vai voar quatro vezes por semana entre Porto e Berlim, de 29 de Março e 24 de Outubro.

Noticias mais lidas