Director da Riu para Andaluzia e Portugal antecipa 2018 positivo

16-04-2018 (15h34)

O director de Operações da Riu Hotels & Resorts para Portugal e Andaluzia, Ricardo Luque Navas, disse ao PressTUR estar confiante que 2018 será um ano positivo, sem previsão de grandes mudanças em consequência da recuperação de destinos concorrentes.

Os quatro hotéis da Riu na Andaluzia e o Riu Guarana, no Algarve, tiveram “um 2017 muito positivo, muito bom”, disse Ricardo Navas ao PressTUR durante uma visita ao ClubHotel Riu Chiclana, recentemente renovado (clique para ler: ClubHotel Riu Chiclana reabre após renovação completa).

Para este ano, o executivo não prevê que a recuperação de destinos como a Tunísia, o Egipto ou a Turquia ponha em causa a procura pelo Algarve e Andaluzia.

A recuperação desses destinos “não está a afectar a procura, neste momento”, afirmou.

As vendas para os resorts da Riu na Andaluzia e Portugal são feitas sobretudo através de operadores turísticos e agências de viagens, mas “as pessoas cada vez mais compram também através da internet”.

A nível internacional, contudo, “90% vem através de operadores turísticos”, frisou Ricardo Navas, destacando o contributo do Grupo TUI, de que faz parte a cadeia Riu.

Para o Riu Guarana, em Olhos de Água, no Algarve, os principais mercados emissores são Espanha e Portugal, seguindo-se Reino Unido e Alemanha.

A ocupação do hotel, segundo indicou Ricardo Navas, é superior a 80% entre Abril e Outubro, superando os 90% nos meses de Verão.

Além dos resorts de praia, a Riu também está a investir em hotéis de cidade com a marca Riu Plaza em destinos como Panamá, Guadalajara, Nova Iorque, Miami, Dublin, Berlim e Madrid.

A capital portuguesa é um dos destinos onde a Riu quer estar presente com a marca Plaza, revelou Ricardo Navas, acrescentando que o grupo está “em negociações com os proprietários do Riu Guaraná para que procurem algo em Lisboa”.

Ricardo Luque Navas está há 42 anos na Riu Hotels, começou como chefe de pessoal no Riu La Mola, em Formentera, passou pelos cargos de sub-director e director de hotel e no ano 2000 assumiu a posição de director de operações.

A seu cargo actualmente estão os hotéis Riu Guarana, no Algarve, Riu Monica, em Nerja, Riu Nautilus e Riu Costa del Sol, em Torremolinos, e o Riu Chiclana, em Chiclana de la Frontera.

Com a renovação do resort em Chiclana de la Frontera, que custou 25 milhões de euros, a rede hoteleira concluiu a renovação de todos os seus hotéis na Andaluzia e no Algarve.

 

O PressTUR visitou Chiclana de la Frontera a convite da Riu Hotels & Resorts

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Riu Hotels & Resorts

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

OE2019 prevê redução da taxa de desemprego para 6,3%

16-10-2018 (17h18)

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 entregue ontem pelo Governo na Assembleia da República prevê a queda da taxa de desemprego para 6,3%, o crescimento da economia portuguesa em 2,2%, a redução da dívida pública para 118,5% do PIB e que o défice orçamental baixe para 0,2%.

Travelport promove formação para agentes de viagens na Madeira

16-10-2018 (12h48)

A Travelport Portugal promoveu uma acção de formação para 50 agentes de viagens na Madeira, uma região que registou nos primeiros oito meses do ano um crescimento de 15% das reservas na sua plataforma, face ao período homólogo de 2017.