Crescimento das receitas turísticas portuguesas foi o mais fraco de um mês de Maio desde 2009

18-07-2019 (13h44)

Depois de dois anos com crescimentos acima de 19% nos meses de Maio, este ano a tendência de aumento manteve-se, mas abrandando para 2,2%, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal, que mostram também que foi interrompida uma série de seis anos de crescimentos a dois dígitos nos meses de Maio.

A informação do banco central português indica que os gastos de turistas estrangeiros no país elevaram-se em Maio a 1.632,65 milhões de euros, que é, ainda assim, um novo recorde para um mês de Maio, com mais de 1.600 milhões de euros pela primeira vez.

Em Maio, apesar do magro crescimento percentual, o aumento de gastos de turistas estrangeiros em Portugal, que são contabilizados como exportações de turismo, elevou-se a 35,18 milhões de euros e no conjunto dos primeiros cinco meses do ano há um aumento de 5,9% ou 321,79 milhões, com o qual é atingido o montante de 5.790,6 milhões.

Os dados contabilizados pelo PressTUR mostram, aliás, que apesar do ‘magro’ aumento homólogo este Maio, tendo em conta que nos últimos dois anos os aumentos em Maio foram acima de 19%, em 19,8% em 2017 e em 19,5% em 2018, o montante de exportações este Maio apresenta um aumento em 46,3% ou 516,89 milhões em relação a Maio de 2016.

E no conjunto dos primeiros cinco meses deste ano, com 5.790,61 milhões de euros, as receitas turísticas portuguesas têm um aumento em 45,3% ou 1.805 milhões de euros em relação ao período homólogo de 2016.

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Redução da estada média dos turistas estrangeiros em Portugal volta a acentuar-se

13-12-2019 (17h36)

A queda da estada média dos turistas estrangeiros na hotelaria portuguesa, que tem ‘cortado’ milhões de dormidas, voltou a acentuar-se em Outubro, com uma queda em 4,7% em relação ao mês homólogo de 2018, de 3,06 para 2,91 noites.

Estados Unidos sobem a 6º maior emissor para a hotelaria portuguesa até Outubro

13-12-2019 (17h33)

Os Estados Unidos foram o 6º maior mercado emissor para a hotelaria portuguesa nos primeiros dez meses deste ano, ultrapassando pela primeira vez o milhão de turistas no alojamento turístico português, mais 75,4 mil que nos 12 meses de 2018, e os 2,3 milhões de dormidas, com mais 148,4 mil que no total do ano passado.

Alojamento local somou até Outubro mais 161 mil dormidas que em todo o ano de 2018

13-12-2019 (16h50)

Os estabelecimentos de alojamento local, que a liberalização decretada pelo ex-secretário de Estado do Turismo Adolfo Mesquita Nunes fez proliferar em todo o país, ultrapassaram em Outubro o total de dormidas do ano de 2018, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE.

Chinesa Hainan Airlines vai chegar ao Porto com a Iberia via Madrid

13-12-2019 (15h25)

O Porto é um dos 14 destinos europeus para onde a companhia de aviação chinesa Hainan Airlines já abriu reservas, através de code-share com a espanhola Iberia, do IAG, que fará o trajecto Madrid - Porto.

Classificação dos Caretos de Podence pela UNESCO “enriquece a região”, Turismo do Porto e Norte

13-12-2019 (15h16)

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins, considerou que a inscrição dos Caretos de Podence no Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO “enriquece ainda mais a região”.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas