Costa Cruzeiros lança novas plataformas de vendas e formação para agentes de viagens

07-02-2018 (14h31)

A Costa Extra e a Costa Academy, respectivamente um plataforma online de reservas e um programa de formação, são as novas ferramentas para agentes de viagens que a Costa Cruzeiros vai lançar em Abril.

As novidades foram apresentadas hoje em Lisboa por Raffaele D'Ambrósio, director da Costa para Espanha e Portugal, e Jorge Carreiras, director da Line C, que representa a Costa em Portugal.

A Costa Extra, segundo Raffaele D'Ambrósio, é uma nova plataforma de reservas online "para facilitar o trabalho dos agentes de viagens", gratuita e com diversos filtros de pesquisa, comparações entre cruzeiros e informação completa.

A Costa Academy, por sua vez, é uma plataforma de formação com dez módulos, apresentados em pequenos vídeos com quatro a cinco minutos de duração, em que os formadores são os próprios representantes da companhia nos respectivos mercados.

A formação é concluída com um teste e, uma vez aprovado, o agente de viagens recebe o certificado de graduado. Após essa ceritificação, o agente de viagens será convidado a visitar um navio, obtendo assim o certificado de experienciado.

O objectivo da companhia de cruzeiros é adequar a formação ao tempo dos agentes de viagens, permitindo-lhes escolher a altura em que pretendem aprender.

Por outro lado, a empresa pretende que os agentes de viagens tenham o maior conhecimento possível sobre a companhia, os seus navios e itinerários, tornando-se assim "especialistas".

Em causa está "ganhar confiança" para propor aos clientes um cruzeiro da Costa para as suas férias, sublinhou Raffaelle D'Ambrósio.
A Costa Academy já está disponível na versão internacional, mas com conteúdo em português deverá ser lançado em Abril.

Em Espanha, segundo Raffaele D'Ambrósio, a companhia formou 900 agentes de viagens ao longo de um mês e meio através do Costa Academy.

Em Portugal a empresa está a negociar com as redes de agências de viagens a integração do Costa Academy nos seus programas de formação.

O objectivo é "sermos parceiros de longo prazo dos agentes de viagens", frisou o executivo, para salientar que "os cruzeiros são uma boa oportunidade para aumentar a rentabilidade das agências de viagens".


Ver também:



Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Costa Cruzeiros

Clique para mais notícias: Portugal
Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroporto de Lisboa ultrapassa 11 milhões de passageiros no fim de Maio

18-06-2018 (16h47)

O Aeroporto de Lisboa já tinha no fim de Maio mais de 11 milhões de passageiros, com um aumento em 13,7% ou 1,3 milhões relativamente aos primeiros cinco meses de 2017, de acordo com dados da ANA a que o PressTUR teve acesso.

Aeroportos geridos pela ANA tiveram até Maio mais de 20 milhões de passageiros

18-06-2018 (16h44)

Os aeroportos portugueses geridos pela ANA, do grupo francês Vinci, somaram quase 20,3 milhões de passageiros nos primeiros cinco meses deste ano, com um aumento em 9,7% ou cerca de 1,8 milhões, que se deve principalmente ao crescimento em Lisboa, sem o qual o seu crescimento baixa para 5,2% ou cerca de 456 mil.

Aeroporto de Lisboa manteve-se em Maio o aeroporto português que mais cresce

18-06-2018 (16h42)

O Aeroporto de Lisboa, onde a TAP é a companhia líder, teve em Maio um aumento de mais de 300 mil passageiros (+13,4%, para 2,58 milhões), mantendo-se assim o aeroporto português não só com mais passageiros como também o que tem maior aumento em relação a 2017.

Feira Internacional de Artesanato de Lisboa prevê receber 110 mil visitantes

18-06-2018 (16h03)

A Feira Internacional de Artesanato (FIA), que decorre entre 23 de Junho e 1 de Julho, com o Centro de Portugal e Marrocos como destinos convidados, prevê receber 110 mil visitantes.

Apesar de ‘esgotado’, Aeroporto de Lisboa concentra mais de 85% dos novos voos de/para Portugal

18-06-2018 (15h41)

O Aeroporto de Lisboa, que gestores e governantes afirmam estar com a capacidade esgotada, é ainda assim o que atrai mais de 85% dos novos de/para Portugal, com mais cerca de 8,4 mil num aumento total em cerca de 9,7 mil.