Câmara de Sintra institui taxa turística a partir do próximo ano

04-04-2018 (16h09)

Sintra Palácio da Vila (foto: visitportugal.com)
Sintra Palácio da Vila (foto: visitportugal.com)

A Câmara de Sintra vai instituir uma taxa turística de dois euros por quarto ocupado a partir do próximo ano, cuja receita será destinada à reabilitação do centro histórico da vila, segundo anunciou hoje o seu presidente da Câmara, Basílio Horta, eleito pela lista do PS.

A taxa terá um valor de dois euros e será aplicada por cada quarto das unidades hoteleiras, num período nunca superior a três dias, segundo explicou esta manhã aos jornalistas o autarca, no final de um debate sobre requalificação urbana no centro histórico de Sintra.

“Nós vamos fazê-lo agora [aplicação da taxa turística] porque temos um conjunto de grandes investimentos em hotéis. Há 30 anos que não se fazia um hotel em Sintra e agora temos um investimento de mais de 80 milhões. É uma taxa perfeitamente equilibrada, não custa praticamente nada a pagar e esse dinheiro é essencial para a requalificação”, defendeu o autarca.

Basílio Horta afirmou que o investimento total previsto para a requalificação do centro histórico de Sintra é de cerca de 50 milhões de euros e inclui intervenções ao nível do saneamento básico e no edificado, tanto municipal como privado, ressalvando que se trata de um processo que “carece de muito cuidado e sensibilidade”.

“Temos consciência de que é necessária uma requalificação profunda, mas que tem de ser feita com cuidado. Estamos a falar de um território muito sensível”, observou.

O autarca socialista realçou ainda a importância de ter limitado a circulação automóvel no centro histórico, sublinhando que este deve ser das pessoas e não dos carros.

“Comigo não haverá um único parque de estacionamento na zona histórica”, garantiu.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Taxa turística

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aegean confirma aumento de frequências para Lisboa e Porto

22-02-2019 (18h11)

A companhia de aviação grega Aegean confirmou hoje que tem programado um aumento de frequências para Lisboa e Porto, num comunicado em que anuncia um reforço da sua oferta global este ano em 700 mil lugares.

Mesmo com Brexit ‘à porta’, britânicos foram os turistas que mais despenderam em Portugal em 2018

21-02-2019 (17h54)

Os residentes no Reino Unido, mesmo com o adensar da perspectiva de um ‘divorcio litigioso’ com a União Europeia e apesar de uma quebra no alojamento turístico português, não só se mantiveram em 2018 os líderes em gastos turísticos em Portugal em 2018, como foram os que fizeram o segundo maior aumento.

Portugal teve aumentos a dois dígitos de gastos de turistas de 37 países

21-02-2019 (17h49)

Apesar dos ventos desfavoráveis principalmente na segunda metade do ano, Portugal concluiu 2018 com um aumento médio dos gastos de turistas estrangeiros em 9,6%, com 37 em 62 com dados disponíveis no Banco de Portugal a registarem aumentos a dois dígitos.

Brasil foi o destino com a maior queda de gastos turísticos dos portugueses em 2018

21-02-2019 (16h37)

O Brasil, que enfrentou vários desafios em 2018, nomeadamente uma sucessão presidencial turbulenta, foi o país que teve a maior quebra de gastos turísticos dos portugueses, entre 61 com dados publicados pelo Banco de Portugal, mas conseguiu ainda assim manter-se no Top10 dos destinos.

Gastos dos portugueses em turismo ultrapassam os cem milhões de euros em oito países

21-02-2019 (16h35)

Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Estados Unidos, Bélgica, Itália e Holanda foram os únicos países a somarem mais de cem milhões de euros de gastos turísticos de residentes em Portugal no ano de 2018, de acordo com dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR.