Bestravel espera “alguma melhoria” na rentabilidade das vendas na BTL

14-03-2019 (14h21)

Carlos Baptista, administrador, e Luís Henriques, director
Carlos Baptista, administrador, e Luís Henriques, director

O administrador da rede de agências de viagens Bestravel, Carlos Baptista, disse ao PressTUR que prevê “pelo menos manter” o volume de vendas da edição anterior da BTL, mas o seu foco é conseguir “alguma melhoria” na rentabilidade face à edição anterior.

No ano passado houve “uma venda demasiado agressiva de diversos parceiros”, que fez com que algumas agências Bestravel ficassem “descontentes com a rentabilidade atingida durante a BTL”, começou por dizer Carlos Baptista.

Este ano o executivo espera que “não se possa continuar com a venda tão agressiva como tem vindo a ser feita, até porque há rentabilidades gerais para serem atingidas”.

“Acreditamos que este ano possa funcionar de forma diferente e que possa ser um marco para os nossos franchisados”, enfatizou o administrador da rede, acrescentando que “a BTL tem se assumido cada vez mais como um ponto de referência na componente de venda, até pelo posicionamento que passou a ter em termos de calendário, e nós queremos obviamente tirar partido disso enquanto rede”.

Relativamente aos destinos mais procurados, Carlos Baptista acredita que deverão manter-se os tradicionais “Cabo Verde, Caraíbas, Ilhas Espanholas, alguns destinos charter como Saïdia e Tunísia”, entre outros.

A Bestravel vai ter 22 pontos de venda na BTL a partir das 17h de sexta-feira, dia 15 de Março, e ao longo dos dias de Sábado e Domingo, com 20 postos de venda no Pavilhão 4, no stand APAVT/Travelport, e dois no Pavilhão 1, um no stand da Madeira e outro no stand dos Açores.

 

Clique para ver mais: Bestravel

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Exportações portuguesas de transporte aéreo de passageiros baixam 0,8% até Maio

18-07-2019 (16h58)

As vendas ao estrangeiro de transporte aéreo de passageiros baixaram 0,8% nos primeiros cinco meses deste ano, significando um recuo de 12,27 milhões de euros, para 1.515,59 milhões, de acordo com dados do Banco de Portugal recolhidos pelo PressTUR.

Portugueses estão mais ‘caseiros’ nos gastos turísticos

18-07-2019 (16h03)

Os destinos europeus concentraram 82,6% dos gastos dos portugueses em viagens e turismo nos primeiros cinco meses deste ano, com um reforço de 0,9 pontos em relação ao ano passado, especialmente evidente nos três principais, Espanha, França e Reino Unido, que tiveram um aumento de participação em 1,3 pontos, atingindo 54,9% do total do período.

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 10,8% até Maio

18-07-2019 (15h36)

Os portugueses despenderam pela primeira vez mais de 2.000 milhões de euros em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses do ano, de acordo com os dados publicados pelo Banco de Portugal, dos quais se conclui um aumento médio em 10,8%.

Turistas dos Estados Unidos são os que mais estão a aumentar gastos em Portugal este ano

18-07-2019 (15h23)

O Banco de Portugal contabilizou até ao fim de Maio mais 72,69 milhões de euros de gastos em Portugal de turistas residentes nos Estados Unidos que assim foram os que fizeram o maior aumento do período, à frente dos residentes em Espanha e no Reino Unido, ambos com aumentos na ordem dos 61 milhões de euros.

Brexit para o turismo português afinal vem da Alemanha

18-07-2019 (15h21)

O mercado que mais está a penalizar o turismo português nestes primeiros cinco meses de 2019 é a Alemanha, e não o Reino Unido, como se esperava devido ao Brexit, mostram os dados do Banco de Portugal e do INE.

Noticias mais lidas