Banco de Portugal admite regresso da taxa de desemprego aos dois dígitos

26-03-2020 (15h32)

A taxa de desemprego deverá subir acima dos 10% em 2020, na sequência da pandemia de covid-19, admite um dos cenários de evolução projectados pelo Boletim Económico do Banco de Portugal, hoje divulgado.

No “cenário base”, o Banco de Portugal (BdP) aponta para uma taxa de desemprego de 10,1% em 2020, com uma descida progressiva para 9,5% em 2021 e 8,0% em 2022.

“A contração da actividade económica em 2020 tem reflexo numa destruição de postos de trabalho, projectando-se uma redução do emprego de 3,5% (após um crescimento de 0,8% em 2019)”, explica.

O banco central adverte que no cenário base “a evolução projectada para o desemprego depende crucialmente da configuração e magnitude das medidas de política que possam ser implementadas de imediato”.

“As remunerações por trabalhador deverão desacelerar em 2020 – reflectindo principalmente o impacto do aumento das baixas médicas e por assistência à família – e recuperar em 2021-22”, prevê o banco central.

No cenário adverso, diz o boletim económico, a taxa de desemprego 'dispara' para 11,7% este ano, descendo para 10,7% em 2021 e 8,3% em 2022.

“Ambos os cenários contemplam uma recessão da economia portuguesa em 2020, diferindo na magnitude assumida para o impacto económico da pandemia a nível mundial”, esclarece.

Em 2019, a taxa de desemprego foi de 6,5%, de acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE).​​​​​​​​​​​​​​

O BdP refere que “os cenários procuram ter em consideração o potencial impacto das políticas já adoptadas pelas autoridades nacionais e europeias em face do choque”, e avisa que “a magnitude da recessão e o perfil da subsequente recuperação dependem criticamente da resposta de política, que tem vindo a ser sucessivamente reforçada a nível nacional e global”.

(PressTUR com Agência Lusa)

Para ler mais clique:

Banco de Portugal prevê queda do PIB entre 3,7% e 5,7% este ano

Banco de Portugal sublinha repetidamente o especial impacto da pandemia no turismo

 

Clique para mais notícias: Banco de Portugal

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

AHP propõe vouchers para viajar mais tarde em vez do reembolso imediato

08-04-2020 (13h25)

A principal associação da hotelaria portuguesa revelou hoje estar a preparar uma proposta a apresentar à Secretaria de Estado do Turismo para que os hotéis possam entregar aos clientes com reservas canceladas vouchers que lhes permitem viajar mais tarde em vez de os reembolsar de imediato.

Turismo de Portugal promove programa de formação online

08-04-2020 (12h53)

O Turismo de Portugal está a promover sessões online do programa de formação BEST - Business Education for Smart Tourism, na plataforma Microsoft Teams, com inscrição obrigatória e gratuita.

Mais de três quartos dos portugueses que pediram para voltar já foram repatriados

07-04-2020 (16h42)

Já regressaram a Portugal cerca de 3.700 cidadãos, mais de três quartos dos que pediram apoio para repatriamento devido à pandemia do novo coronavírus.

Azul ainda termina 1º trimestre a crescer, apesar do impacto da pandemia de covid-19

07-04-2020 (16h21)

A Azul, companhia brasileira que é accionista indirecta da TAP, indicou hoje que terminou o primeiro trimestre com um crescimento do tráfego em 10,8%, embora tendo registado uma quebra de 24,6% no mês de Março, em que se agravou a disseminação pelo mundo das infecções pelo novo coronavírus.

Mortes pela pandemia no mundo já são mais de 75 mil

07-04-2020 (14h47)

A pandemia de covid-19 matou mais de 75 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em Dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 9h45, a partir de dados oficiais, que indica um total de 75.538 óbitos e 1.350.759 doentes infectados.

Noticias mais lidas