Azores Airlines teve pior pontualidade em Julho e TAP e Air Açores também ficaram no grupo das piores

12-08-2019 (18h03)

Foto: Airbus
Foto: Airbus

As três maiores companhias de aviação portuguesas incluídas no ranking de pontualidade publicado pela OAG classificaram-se em Julho entre as dez piores do mês, com destaque para a Azores Airlines, antiga SATA Internacional, que foi mesmo a pior.

Segundo a OAG, apenas 30,8% dos voos da Azores Airlines chegaram a horas (até 15 minutos da hora anunciada) e foi mesmo a única companhia a não chegar aos 40% de chegadas a horas.

A melhor companhia portuguesa foi a TAP, com 52,7% das chegadas a horas, o que no ranking da OAG lhe deu apenas o 153º lugar, ainda assim melhor que a SATA Air Açores, que foi 156ª, com 51,8% das chegadas a horas.

A melhor companhia em pontualidade no mês de Julho foi, segundo a OAG, a Garuda, da Indonésia (13.798 voos), com 93,9% das chegadas a horas, seguida, entre as companhias com mais de dez mil voos no mês (de Portugal apenas a TAP entra nesse grupo, com 12.940 voos), pela Copa Airlines (10.869 voos), com 90%, a Thai AirAsia (12.421 voos), com 87,1%, Aeroflot (32.811 voos), com 86,7%, e o LATAM Airlines Group (44.037 voos), com 86,1%.

Ainda acima dos 80% de chegadas a horas estiveram a All Nippon Airways (39.140 voos), com 85,9%, Alaska Airlines (42.373 voos), com 84,9%, Japan Airlines (25.783 voos), com 84,1%, Malaysia Airlines (12.199 voos), com 83,3%, Azul Airlines (26.158 voos, com 82,3%), Cape Air (10.373 voos), com 82,2%, Westjet (22.569 voos), com 81,2%, KLM (23.300 voos), com 80,8%, Siberia Airlines (14.475 voos), com 80,8%, Delta Airlines, 2º maior do mês em número de voos, com 176.642, com 80,4%, e Iberia (19.875 voos), com 80,1%.

A TAP foi a pior das companhias com mais de dez mil voos em Julho, com apenas 52,7% a horas, seguida pela Xiamen Airlines (21.839 voos), com 55,2%, Air China (43.903 voos), com 55,5%, Saudi Arabian Airlines (19.551 voos), com 55,8%, Air India (15.102 voos), com 56,5%, Shenzen Airlines (23.654 voos), com 56,5%, e Wings Air (11.562 voos), com 59,6%.

Também no grupo das piores, mas já com mais de 60% dos voos a horas, estiveram Vietnam Airlines (14.611 voos), com 60,1%, easyJet (58.637 voos), com 61,6%, Volaris (12.704 voos), com 61,9%, Norwegian Air Shuttle (11.101 voos), com 65,3%, Swiss e Crossair (14.573 voos), com 65,8%, Air Canadá (52.169 voos), com 65,9%, Lion Air (15.524 voos), com 66%, e China Eastern (72.470 voos), com 66%.

As companhias com operações mais extensas em Julho foram as norte-americanas American Airlines, com 208.851 voos, Delta Airlines, com 176.642, United Airlines, com 157.396, e Southwest Airlines, com 122.527, seguida pela Ryanair, com 76.198, China Eastern, com 72.470, easyJet, com 58.637, Air Canadá, com 52.169, Lufthansa, com 48.488, e IndiGo, com 44.251.

O melhor índice de pontualidade em Julho neste grupo foi da Delta, com 80,4%, seguindo-se Southwest, com 79,4%, Ryanair, com 77%, American, com 75,5%, IndiGo, com 74,5%, United, com 73,6%, Lufthansa, com 68,9%, China Eastern, com 66%, Air Canadá, com 65,9%, e easyJet, com 61,6%.

 

Para ler mais clique:

Julho foi mais um mês em nem metade dos voos saíram a horas de Lisboa

 

Clique para mais notícias: OAG Pontualidade

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: SATA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dormidas de portugueses na hotelaria espanhola sobem a dois dígitos há quatro meses

23-08-2019 (16h11)

A hotelaria espanhola teve em Julho um aumento de dormidas de turistas residentes em Portugal em 10,9%, no que foi o quarto mês consecutivo de aumentos a dois dígitos, com o qual o aumento médio este ano está em 12% e já foram ultrapassados os 2,3 milhões de pernoitas.

Air Europa amplia ligações entre Espanha e o nordeste brasileiro com voos para Fortaleza

23-08-2019 (15h38)

A Air Europa, única companhia espanhola com voos directos entre Espanha e o nordeste brasileiro, disputando esse mercado com a TAP, marcou para Dezembro a introdução do seu terceiro destino nessa região do Brasil, Fortaleza, depois de Salvador e Recife, que lhe valeram 80 mil passageiros nos primeiros sete meses deste ano, com um aumento homólogo em 8,3%.

Programa nacional de segurança da aviação civil prevê auditorias aos aeroportos

23-08-2019 (13h43)

O Governo aprovou ontem em Conselho de Ministros o diploma que define as responsabilidades dos intervenientes no sector da aviação na implementação das normas da aviação civil e que prevê a realização de auditorias aos aeroportos.

Turistas dos Estados Unidos despenderam em Portugal mais quase cem milhões de euros

22-08-2019 (15h25)

Os residentes nos Estados Unidos foram os turistas que mais aumentaram os gastos em Portugal no primeiro semestre, com uma subida de quase cem milhões de euros (98,97 milhões, de acordo com dados Banco de Portugal), que foi a maior e também a mais forte do período, atingindo 26,1%.

Espanha e Reino Unido reforçam atracção de gastos turísticos dos portugueses

22-08-2019 (14h31)

Espanha e Reino Unido foram os dois destinos que no primeiro semestre mais aumentaram as respectivas participações nos gastos turísticos dos portugueses, atingindo respectivamente 30,1% e 10,1%.

Noticias mais lidas