Air Malta vai manter voos para Lisboa no Inverno e quer duplicar frequências em 2019

15-05-2018 (14h26)

Paul Sies, CCO da Air Malta, Gavin Gulia, chairman do Turismo de Malta
Paul Sies, CCO da Air Malta, Gavin Gulia, chairman do Turismo de Malta

A Air Malta, que começou a voar entre Lisboa e Malta em finais de Março, com dois voos por semana, vai manter a rota durante o Inverno e quer duplicar a frequência no Verão de 2019, para quatro voos por semana.

Paul Sies, Chief Commercial Officer da Air Malta, disse ao PressTUR hoje em Lisboa que as reservas para a rota que liga Portugal a Malta estão "a correr muito bem" e que, com a continuação do voo no Inverno, as expectativas iniciais já foram ultrapassadas por grande margem (clique para ler: Air Malta prevê transportar dez mil passageiros no primeiro ano da rota de Lisboa).

A previsão de Paul Sies para o primeiro ano de operação da rota, de Março de 2018 a Março de 2019, é alcançar uma taxa de ocupação de 85%, sendo que os voos são operados em aviões A320 de 180 lugares.

O executivo da Air Malta, que é representada em Portugal pela ATR, especificou que 80% das reservas são feitas à partida de Lisboa e 20% à saída de Malta.

A companhia aérea, segundo Paul Sies, queria acrescentar mais uma frequência semanal ainda este Verão, "mas estamos a ter alguns problemas com slots no aeroporto de Lisboa, pelo que este Verão será difícil", disse.

O principal destino dos passageiros do voo da Air Malta à partida de Lisboa é Malta, mas há alguns clientes que continuam a viagem até à Sicília e até Sardenha.

A companhia aérea deixou de operar voos regulares para Lisboa em 2006, embora entretanto tenha realizado alguns voos charter entre Portugal e Malta.

Durante o período em que deixou de voar para Portugal, a Air Malta atravessou uma fase de redução das operações e esteve em negociações para ser comprada pela Etihad.

A compra da Air Malta pela Etihad acabou por não se realizar e, nessa altura, o Governo de Malta, que detém a companhia a 100%, "teve que olhara para um novo futuro", explicou Paul Sies.

A estratégia adoptada, que a transportadora está a implementar há cerca de um ano e meio, foi "deixar de ser a companhia aérea das ilhas de Malta para passar a ser a companhia aérea das ilhas do Mediterrâneo", com ligações às principais cidades europeias e do Norte de África.

O resultado da mudança é um aumento de 17 rotas na sua rede de voos de e para Malta, para um total de 32 rotas este Verão.

A companhia aérea cresceu 40% em capacidade, através de novas rotas e de reorganização da rede, passando de uma média de seis horas de voo por dia no Inverno e 11 horas de voo por dia no Verão, para voar ao longo de todo o ano 14 horas por dia, chegando a 15 ou 16 horas por dia em alguns momentos no Verão.

Para o reforço da oferta, a transportadora também tem previsto receber dois novos aviões este ano, o primeiro dos quais um A320neo que integra a frota em Julho.

A Air Malta transportou 1,7 milhões de passageiros no ano passado e perspectiva fechar este ano fiscal, até Março de 2019, com 2,6 milhões de passageiros, mais cerca de 53% que no ano anterior.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Air Malta

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.

OE2019 prevê redução da taxa de desemprego para 6,3%

16-10-2018 (17h18)

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 entregue ontem pelo Governo na Assembleia da República prevê a queda da taxa de desemprego para 6,3%, o crescimento da economia portuguesa em 2,2%, a redução da dívida pública para 118,5% do PIB e que o défice orçamental baixe para 0,2%.

Travelport promove formação para agentes de viagens na Madeira

16-10-2018 (12h48)

A Travelport Portugal promoveu uma acção de formação para 50 agentes de viagens na Madeira, uma região que registou nos primeiros oito meses do ano um crescimento de 15% das reservas na sua plataforma, face ao período homólogo de 2017.