AHRESP alerta para urgência de nova lei para arrendamento empresarial

09-07-2018 (15h20)

A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) está a alertar para a urgência de uma nova lei do arrendamento comercial que previna encerramentos como o da Pastelaria Suíça, no centro de Lisboa.

A AHRESP sublinha em comunicado que "tem vindo a alertar para a situação dramática vivida por muitos estabelecimentos em locais arrendados, tendo já expressado vivamente essa preocupação junto do grupo de trabalho" do parlamento que debate esta matéria, "chamando à atenção para a necessidade de salvaguardar e proteger as actividades económicas existentes e os postos de trabalho que asseguram".

Segundo a secretária-geral da AHRESP, Ana Jacinto, com a actual lei assistir-se-á "a despejos e encerramentos" de muitos estabelecimentos, quer de restauração e bebidas como de alojamento, "prejudicando o Turismo" e a economia.

"É inaceitável que a lei permita aumentos exponenciais de rendas e promova despejos, e muito menos sem as adequadas salvaguardas e compensações económicas", afirma a responsável, citada em comunicado.

"Os investimentos efectuados ao longo de décadas, nas instalações e nos equipamentos, os postos de trabalhos dependentes, o 'goodwill' criado com muito trabalho, são simplesmente ignorados, imperando a lei do mais forte", apontou a secretária-geral da AHRESP.

"Casos como o da Pastelaria Suíça, do qual tivemos conhecimento muito recentemente, são dramáticos e não deviam acontecer, o que só demonstra a desadequação da atual lei do arrendamento, ao permitir e potenciar estas situações. Podemos afirmar que, caso não sejam tomadas medidas urgentes e claras, com a definição de um regime específico, ou seja, de uma lei para o arrendamento empresarial, estas situações de estabelecimentos emblemáticos, mas também de muitos outros menos mediáticos, vão continuar a acontecer", concluiu a secretária-geral.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Apoios do Governo para projectos turísticos no interior de Portugal ascendem a 310 milhões de euros

15-02-2019 (17h11)

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, afirmou hoje que o Governo apoiou com cerca de 310 milhões de euros investimentos no sector do turismo no interior do país, no âmbito dos programas Valorizar e Portugal 2020.

Vueling vai ter voos Tenerife - Lisboa

15-02-2019 (16h56)

A Vueling, low cost do IAG, grupo de que fazem parte também a British Airways, a Iberia, a Aer Lingus e a Level, vai ter voos entre Tenerife e Lisboa a partir de Abril.

Springwater vai finalmente apostar na “aproximação/integração” Geostar - Top Atlântico

15-02-2019 (16h35)

O grupo espanhol Wamos, do fundo suíço Springwater, vai avançar finalmente para a “aproximação/integração” das suas redes em Portugal, a Top Atlântico comprada ao antigo GES e a Geostar comprada ao grupo Sonae em 2015.

TAP transporta menos passageiros este Janeiro nas suas rotas espanholas

15-02-2019 (15h47)

A TAP, que em meados do ano passado retirou A Coruña, Astúrias e Vigo da sua rede de destinos em Espanha, começou 2019 com uma quebra de passageiros nas ligações com o país vizinho em 3,4% ou cerca de 4,7 mil, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pela AENA.

Passageiros em voos entre Espanha e Portugal aumentam 10,8% em Janeiro

15-02-2019 (15h33)

Os aeroportos espanhóis somaram este Janeiro 357,6 mil passageiros de voos de/para Portugal, +10,8% ou mais 34,9 mil que no primeiro mês de 2018, de acordo com dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.