Aeroportos portugueses somam 6,4 milhões de passageiros no primeiro bimestre

13-03-2018 (16h43)

Lisboa concentra 58,8% e é o que tem o crescimento mais forte

Os dez aeroportos de Portugal Continental e das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores somaram 6,41 milhões de passageiros nos primeiros dois meses deste ano, com Lisboa a concentrar a maioria e a reforçar a sua liderança por um crescimento mais forte que todos os outros.

Dados de tráfego a que o PressTUR teve acesso indicam que Lisboa, que é o hub da TAP, somou 3,768 milhões de passageiros nos primeiros dois meses deste ano, o equivale a 58,8% do total dos aeroportos portugueses neste período, quando há um ano estava com 56,6%.

Lisboa teve nos primeiros dois meses um aumento médio do número de passageiros em 15,1%, impulsionado por um crescimento em 16,6% do movimento em voos internacionais, que somaram 3,28 milhões de passageiros, enquanto em voos domésticos o aumento foi em 5,7%, para 480,8 mil.

O Porto, segundo maior aeroporto português, foi também o que teve o segundo crescimento mais forte dos primeiros dois meses, com um aumento em 10,2%, para 1,495 milhões, e também proporcionado pelas rotas internacionais, cujo crescimento atingiu 12,6%, somando 1,23 milhões de passageiros, enquanto em voos domésticos a tendência foi de estagnação, com um aumento pela margem mínima, em 0,1%, para 264,1 mil.

Faro, terceiro maior aeroporto português, regista no fim de Fevereiro uma queda de passageiros em 3,4%, para 480,1 mil, com quedas ligações com as maiores origens/destinos internacionais, como o Reino Unido, com -12,2%, para 203,1 mil, Alemanha, em 1,7%, para 51,6 mil, e Holanda, em 11-8%, para 55,7 mil.

O Funchal, 4º maior aeroporto português, regista um crescimento do número de passageiros em 1,6%, para 425,7 mil, apesar de um aumento em 18% nas ligações com Portugal Continental, que somaram 197,5 mil passageiros, e aumentos em 61,6% nas ligações com a Suíça, para 11,5 mil, em 80,4% nas rotas da Suécia, para 11,4 mil, e em 36,5% nas rotas da Finlândia, para 10,4 mil, pelas quedas nas rotas do Reino Unido, em 17,7% para 87 mil, da Alemanha, em 25,4%, para 49,3 mil, e da Dinamarca, em 8,4%, para 12,6 mil.

O Aeroporto de Ponta Delgada, que esteve até recentemente com crescimentos ‘explosivos’, pela entrada das low cost Ryanair e easyJet, nos primeiros dois meses deste ano está com um aumento de passageiros em 3,1%, para 191,4 mil, nomeadamente pela estagnação nas ligações com Portugal, em que viajaram 167,7 mil passageiros, contrariada pelo aumento em 38,6% nas ligações com os Estados Unidos e em 11,7% nos voos do Canadá, em que viajaram respectivamente 9,2 mil e 8,2 mil passageiros, e a introdução de voos para o Reino Unido (2,4 mil passageiros) e Cabo Verde (dois mil passageiros).

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo açoriano reforça capital social da SATA Air Açores em 27 milhões de euros

16-07-2018 (16h31)

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço em 27 milhões de euros do capital social da SATA Air Açores, companhia aérea que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas ações".

Grupo SATA encerra contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros

16-07-2018 (13h32)

O Grupo SATA encerrou as contas de 2017 com prejuízos de 41 milhões de euros, valor que quase triplicou em relação a 2016 (14 milhões), revela o relatório e contas da companhia, a que a Lusa teve acesso.

Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal recebe +9,5% de visitantes

16-07-2018 (12h10)

O número de visitantes da Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal (Setúbal) voltou a aumentar neste 1.º semestre, atingindo mais 9,5% em comparação com igual período de 2017 e 26% face a 2016.

António Teixeira é o novo presidente do conselho de administração da SATA

16-07-2018 (11h28)

O Governo dos Açores anunciou a escolha do gestor de empresas António Luís Gusmão Teixeira para a presidência do conselho de administração da SATA, substituindo Paulo Menezes, que ocupa o cargo desde o final de 2015.

Vítor Costa reeleito presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa

16-07-2018 (10h55)

Vítor Costa foi reeleito para um segundo mandato como presidente da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL), para o período 2018-2023, numa lista da qual fazem parte Bernardino Soares e Bernardo Trindade.