Aeroporto de Lisboa abranda crescimento em Maio... para 2º mais forte dos maiores aeroportos europeus

12-07-2018 (17h56)

Aeroporto de Lisboa
Aeroporto de Lisboa

O Aeroporto de Lisboa foi em Maio o vice-campeão de crescimento dos maiores aeroportos europeus, segundo o ACI, que o colocou na segunda posição do top de crescimento dos aeroportos que anualmente têm mais de 25 milhões de passageiros, atrás apenas de Antalya.

Lisboa, como o PressTUR já tinha avançado, ainda que declarado “esgotado” quer pela empresa gestora, a ANA, do grupo francês Vinci, quer pelo Governo, manteve-se o aeroporto português (para ler mais clique: Aeroporto de Lisboa manteve-se em Maio o aeroporto português que mais cresce e Apesar de ‘esgotado’, Aeroporto de Lisboa concentra mais de 85% dos novos voos de/para Portugal) que mais cresce e ultrapassou de Janeiro a Maio os 11 milhões de passageiros, com um aumento em relação ao período homólogo de 2017 em 13,7%.

Os dados agora divulgados pelo Airports Council International (ACI) Europa mostram que o Aeroporto de Lisboa, onde a TAP é a companhia líder em número de passageiros, não só está com crescimentos mais fortes que os restantes aeroportos portugueses como, adicionalmente, é um dos aeroportos europeus que mais cresce.

No mês de Maio, mais uma vez, foi o único dos aeroportos portugueses a figurar nos Tops de crescimento do ACI, elaborados por grupos consoante a sua dimensão média e hierarquizados por crescimento relativo.

Assim, Lisboa, desde este ano incluído pelo ACI no Grupo 1 dos maiores aeroportos europeus, com mais de 25 milhões de passageiros por ano, teve em Maio o segundo crescimento mais forte, em 13,4%, aquém apenas do aumento em 32,7% de Antalya, e à frente de Moscovo Sheremetyevo, com +11,5%, Dublin, com +10,2%, e Madrid, com +9,6%.

Em valor absoluto, o PressTUR verificou que o crescimento do Aeroporto de Lisboa, em cerca de 305 mil passageiros, foi o 5º maior, a seguir a Antalya, com mais 830 mil, Frankfurt, com mais 532 mil, Madrid, com mais 434 mil, e Moscovo Sheremetyevo, com mais 376 mil.

Em função deste desempenho, o Aeroporto de Lisboa entrou para o Top20 dos aeroportos europeus no mês de Maio, em 19º maior, depois de 25º em Maio de 2017 e 26º em Maio de 2016, tendo ultrapassado, entre outros, Moscovo Domodedovo, Londres Stansted, Manchester, Oslo e Estocolmo Arlanda.

Ainda assim, Maio foi dos meses em que o Aeroporto de Lisboa teve crescimento mais fraco, abaixo do aumento médio em 13,8% do primeiro quadrimestre.

Essa, no entanto, parece ter sido a tendência dominante na Europa, como assinala o ACI, que refere que o crescimento médio foi de 6,1% em Maio, quando no primeiro trimestre tinha sido de 7,6%.

Os dados publicados pela Associação, relativos a 243 aeroportos, indicam um total de 185,2 milhões de passageiros, mais 10,6 milhões que em Maio de 2017.

Londres Heathrow manteve-se líder, com 6,67 milhões (+3,1% ou mais 200 mil que em Maio de 2017), seguido por Amesterdão Schiphol, com 6,4 milhões (+3% ou mais 186 mil), Frankfurt, com 6,1 milhões (+9,5% ou mais 532 mil), Paris Charles de Gaulle, com 6,08 milhões (+2,1% oi mais 125 mil), Istambul Ataturk, com 5,49 milhões (-0,3% ou menos 16 mil), Madrid, com 4,95 milhões (+9,6% ou mais 434 mil), Barcelona, com 4,54 milhões (+5,2% ou mais 224 mil), Londres Gatwick, com 4,1 milhões (+0,3% ou mais 12 mil), Munique, com 4,07 milhões (+3,6% ou mais 141 mil), e Roma, com 3,92 milhões (+6,8% ou mais 249 mil).

Os dados do ACI sobre os restantes aeroportos portugueses colocam o Porto em 51º maior da Europa em Maio, com 1,09 milhões de passageiros, Faro em 55º, com 971,1 mil, Funchal em 118º, com 290,7 mil, e Ponta Delgada em 146º, com 170,2 mil.

Em variação absoluta em relação a Maio de 1017, o Porto teve o 28º maior aumento do mês de Maio, com mais 122 mil (+12,6%) e Ponta Delgada teve o 133º, com mais 6,8 mil (+4,2%).

Faro teve um estagnação e o Funchal teve uma quebra na ordem de oito mil, no que foi a 22ª segunda pior variação do mês.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos europeus

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo ‘queixa-se’ das “muitas vantagens” da ANA nas negociações sobre o Montijo

16-11-2018 (18h15)

O secretário de Estado das Infra-estruturas, Guilherme d'Oliveira Martins, lamentou-se hoje das "muitas vantagens" atribuídas pelo anterior Governo à ANA e que classificou como "instrumentos fortes" que têm atrasado as negociações sobre o aeroporto complementar do Montijo.

Grupo Douro Azul espera licenciar este ano hotel na escarpa de Gaia

16-11-2018 (18h01)

A Mystic Invest, empresa do universo Douro Azul responsável pelo projecto de um hotel na escarpa da Serra do Pilar, Vila Nova de Gaia, que inclui o restauro da Capela Senhor D'Além, espera lançar o licenciamento ainda este ano.

Algarve precisa de voos de longo curso para compensar quebra do Reino Unido – Chitra Stern, Martinhal Hotels

16-11-2018 (18h01)

Chitra Stern, proprietária e fundadora da Martinhal Hotels & Resorts, defendeu hoje no Congresso da AHP a diversificação de mercados de origem para compensar a quebra do mercado britânico no Algarve, designadamente através da criação de rotas de longo curso de/para Faro.

Lisboa teve até Setembro o 7º maior aumento de passageiros dos aeroportos europeus

16-11-2018 (17h26)

O Aeroporto de Lisboa, sobre o qual praticamente só se comenta que está esgotado, ao ponto de alguns dirigentes do turismo argumentarem ser essa a causa da queda de dormidas na hotelaria da capital, alcançou, no entanto, o 7º maior aumento de passageiros entre os 237 maiores aeroportos da Europa, nos primeiros nove meses deste ano, de acordo com os dados publicados pelo Airports Council International (ACI).

Lisboa voltou a alcançar o Top5 de crescimento dos maiores aeroportos europeus em Setembro, ACI

16-11-2018 (14h36)

O Aeroporto Humberto Delgado, alegadamente ‘esgotado', teve, ainda assim, o 4º mais forte crescimento de passageiros dos grandes aeroportos europeus no mês de Setembro, indica o ranking publicado pelo Airports Council Internacional (ACI).