Portugal soma mais de 13.000 milhões de euros de receitas turísticas no fim de Outubro e supera total de 2016

20-12-2017 (12h44)

Ribeira
Ribeira

Abril, Maio e Outubro fazem 40% do aumento total dos primeiros dez meses

Portugal bateu no fim de Outubro o que era o seu recorde anual de receitas turísticas, que são os gastos de turistas estrangeiros contabilizadas pelo Banco de Portugal, atingindo os 13.126,55 milhões de euros, mais 445,99 milhões de euros que em todo o ano de 2016, que era o melhor de sempre.

Os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal indicam que a garantir o novo recorde esteve um crescimento relativamente ao período homólogo de 2016 em 19,4% ou 2.135,44 milhões, para o qual contou um claro alargamento da época alta, evidenciado pelo facto de todos os meses desde Abril as receitas turísticas terem superado os mil milhões.

Segundo o banco central, em Outubro as receitas turísticas elevaram-se a 1.556,73 milhões de euros, com um aumento em 22,4% ou 284,45 milhões em relação ao mês homólogo de 2016.

Assim, desde Abril, também, Portugal está mensalmente com aumentos das receitas turísticas acima de 200 milhões de euros, o maior dos quais precisamente em Abril, com mais 348,17 milhões de euros, para o qual contribuiu o facto de ter sido o mês da Páscoa e comparar-se com um mês sem Páscoa.

Ainda assim, os dados do Banco de Portugal apontam para que a atractividade turística do país se tenha estendido para os chamados 'shoulder months', referindo-se aos meses que ‘colam’ com o início e o fim da época alta, tendo como consequência óbvia uma redução da época baixa.

Os dados do banco central permitem ver que em Abril, Maio e Outubro Portugal teve um aumento de gastos de turistas estrangeiros em 854 milhões de euros, o que significa que ‘fizeram’ 40% do aumento total de Janeiro a Outubro.

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cruzeiros no Funchal terminaram 2018 com estagnação em baixa

18-01-2019 (16h41)

O Porto do Funchal teve um ligeiro decréscimo do número de passageiros de cruzeiros em 2018, tendo terminado o ano com 537.851, -0,2% ou menos 1.341 que em 2017, mas ainda assim o 4º melhor total anual de sempre.

Alemães, canadianos e brasileiros garantiram recorde de passageiros de cruzeiros em Lisboa em 2018

18-01-2019 (16h37)

O Porto de Lisboa teve em 2018 novos recordes de passageiros de cruzeiros alemães, canadianos e brasileiros, que foram, assim, as três nacionalidades que garantiram à capital um novo recorde anual de cruzeiros e, também, a recuperação da liderança dos portos de cruzeiros portugueses.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Fitur prevê edição recorde este ano com mais expositores e visitantes

18-01-2019 (15h35)

A Feira Internacional de Turismo de Madrid (Fitur), que começa na quarta-feira, dia 23, deverá bater recordes de participação e número de expositores, de acordo com a previsão da organização.

Lisboa recuperou em 2018 a liderança do turismo de cruzeiros em Portugal

18-01-2019 (14h55)

O Porto de Lisboa voltou a ser em 2018 o primeiro porto português de cruzeiros marítimos, tanto em número de passageiros como de escalas, recuperando a liderança que em 2017 lhe escapara para o Funchal.