Petra recebeu mais de um milhão de visitantes em 2019

08-01-2020 (14h32)

O sítio histórico de Petra, considerado Património da Humanidade pela UNESCO, recebeu um número recorde de visitantes em 2019, ultrapassando a barreira de um milhão de visitantes e registando um crescimento de 37% em relação a 2018.

O sítio histórico de Petra recebeu 1.135.300 visitantes em 2019, mais 37% que em 2018, adianta a imprensa internacional de acordo com dados da Petra Development and Tourism Region Authority (PDTRA). O mês com mais visitantes foi Novembro, com 152.576 visitantes de todas as nacionalidades.

O número total de visitantes estrangeiros, que representa a vasta maioria das visitas, teve um crescimento de 49%, em relação a 2018, com 1.000.553 visitantes internacionais.

O ano de 2019 começou com um aumento de 53% no número de visitantes estrangeiros, totalizando 219.503 no primeiro trimestre, sendo o mês de Março o que registou o maior aumento destes visitantes (+59%).

O sítio histórico de Petra foi alvo de melhorias nas suas infraestruturas ao longo dos últimos dois anos, com um investimento de cerca de 13,9 milhões de euros.

Clique para ver mais: Médio Oriente

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP aumenta frequência de voos para Telavive a partir de Abril

15-01-2020 (11h29)

A TAP vai aumentar a sua oferta de voos entre Lisboa e Telavive, em Israel, de sete voos por semana para 14 durante o mês de Abril e para 11 a partir de Maio.

General iraniano assume “responsabilidade total” pela queda do avião ucraniano em Teerão

13-01-2020 (11h37)

O comandante da brigada aeroespacial dos Guardas da Revolução iranianos assumiu a "responsabilidade total" pela queda do Boeing 737 da Ukraine International Airlines, que matou todas as 176 pessoas que seguiam a bordo.

Kiev investiga várias possíveis causas para queda de avião no Irão

09-01-2020 (14h55)

As autoridades ucranianas estão a investigar pelo menos sete possíveis causas para o desastre do Boeing 737 da Ukraine International Airlines no Irão, incluindo um eventual ataque com mísseis.

Avião ucraniano não pediu ajuda e tentava voltar a Teerão antes de se despenhar, diz relatório preliminar

09-01-2020 (14h07)

A tripulação do avião ucraniano que caiu em Teerão não pediu ajuda via rádio e estava a tentar voltar ao aeroporto quando a aeronave se despenhou, segundo um relatório preliminar da investigação iraniana hoje divulgado.

Agência Europeia para Segurança da Aviação desaconselha voos comerciais sobre o Iraque

09-01-2020 (14h00)

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) desaconselha as companhias aéreas a efectuarem voos comerciais sobre o espaço aéreo do Iraque, na sequência da escalada do conflito entre Estados Unidos e Irão.

Noticias mais lidas