Hotelaria de Cabo Verde acolhe +10,3% de turistas no primeiro trimestre – INE

17-05-2018 (14h10)

Os estabelecimentos hoteleiros em Cabo Verde acolheram 215 mil turistas no primeiro trimestre deste ano, com um aumento de 10,3% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano.

Segundo as estatísticas do turismo e movimentação de hóspedes do INE, no primeiro trimestre de 2018 entraram em Cabo Verde mais 20.186 turistas do que em igual período do ano passado.

As dormidas, por sua vez, aumentaram em 10,6%, totalizando 1.342.553.

A informação do INE indica que o Reino Unido se manteve a principal origem de turistas para a hotelaria de Cabo Verde, com 20% do total das entradas, seguido pela Alemanha, com 12,4% do total, França, com 12,2%, e Holanda, com 12,4%.

Em dormidas, o Reino Unido também se manteve em primeiro lugar, com 26,9% do total de pernoitas, seguido de Holanda, com 12,3%, Alemanha, com 11,6%, e França, com 9,8%.

Os visitantes procedentes do Reino Unido foram os que tiveram a mais elevada permanência média em Cabo Verde no trimestre em análise, com 7,6 noites, seguidos pelos turistas de Itália, com 6,5, e Alemanha, com 5,6.

Segundo os dados do INE, a ilha do Sal acolheu mais de metade (51,8%) dos turistas que visitaram Cabo Verde, seguida da ilha da Boavista (23,9%) e Santiago (11%).

Os hotéis, por sua vez, continuaram a ser os estabelecimentos mais procurados, concentrando 85,2%, enquanto as residenciais tiveram 4,3% e pensões e os aldeamentos turísticos tiveram 3,3% cada.

Durante o primeiro trimestre de 2018, o INE apurou que a taxa média de ocupação das camas em Cabo Verde foi de 62%, com a ilha da Boavista a atingir 81%, o Sal, 73%, Santo Antão, 31%, e São Vicente, 30%.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Turistas portugueses a veranearem na Dominicana aumentam 16,2% este ano

19-10-2018 (18h10)

Mais de 21,5 mil turistas residentes em Portugal estiveram este Verão na República Dominicana, que teve assim um crescimento em 16,2% do mercado emissor português, representando um aumento de aproximadamente três mil, o segundo maior da Europa.

Mosteiro de Veruela será o 98º Parador de Turismo de Espanha

19-10-2018 (18h08)

Os Paradores de Turismo, em conjunto com as Cidades Património da Humanidade de Espanha, fizeram uma apresentação no Palácio de Palhavã, em Lisboa, com a presença da Embaixadora de Espanha em Portugal, Marta Betanzos, durante a qual foi anunciado que o Parador de Veruela vai ser inaugurado em 2019.

Dominicana já tem no fim de Setembro o melhor resultado de sempre do mercado emissor português

19-10-2018 (18h08)

A República Dominicana ultrapassou no fim de Setembro os 33,3 mil turistas residentes em Portugal, o que significa que, embora faltem três meses para 2018 terminar, já alcançou o terceiro melhor total anual de sempre, aquém apenas dos 42,7 mil dos 12 meses de 2009 e dos 36,9 mil dos 12 meses de 2010.

Dominicana supera os cinco milhões de turistas até Setembro, apesar de queda dos emissores europeus

19-10-2018 (18h07)

A República Dominicana teve este Verão (Junho a Setembro) um aumento das chegadas de turistas não residentes em 6,9%, embora da parte da Europa tivesse uma queda em 6,4%, inclusivamente mais forte que a queda média nos nove meses de Janeiro a Setembro, que foi de 4%.

Sindicato belga alerta para mais greves se “a Ryanair não mudar”

19-10-2018 (17h22)

O sindicato belga CNE, que representa tripulantes de cabina da Ryanair, ameaçou organizar vários dias de greve antes do final do ano se a companhia “não mudar radicalmente de posição e atitude”.