Governo quer VisitPortugal com ligação directa à venda – Ana Mendes Godinho, SET

17-11-2017 (12h10)

Márcio Favilla (OMT) e Ana Mendes Godinho no Congresso da AHP (foto: AHP)
Márcio Favilla (OMT) e Ana Mendes Godinho no Congresso da AHP (foto: AHP)

Chegar aos dez milhões de visitantes do portal com “produto directo de venda”

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, revelou que está a trabalhar para que o VisitPortugal, que disse ter mais de dez milhões de visitantes, seja mais do que um portal de informação, permitindo aceder directamente à oferta e assim “conseguir que as pessoas comprem logo”.

O objectivo é “que a promoção digital esteja cada vez mais ao serviço da oferta privada”, anunciou a governante esta quinta-feira ao Congresso da AHP, a decorrer em Coimbra.

“Na promoção digital acho que podemos ganhar escala nomeadamente em fazer o link directo entre a capacidade que estamos a ter em termos de promoção digital e a comercialização dos territórios e da oferta privada”, afirmou a secretária de Estado.

“O VisitPortugal tem dez milhões de visitantes. Se conseguirmos traduzir esses dez milhões de visitantes em venda de produto português e não só de passagem de informação estamos a conseguir chegar a um público alvo de dez milhões a quem podemos direccionar produto directo de venda”, explicou.

“É neste cruzamento que temos que dar um passo muito significativo” e “há várias associações que neste momento estão a desenvolver plataformas de revenda e de comercialização que agregam a venda”, anunciou Ana Mendes Godinho.

A secretária de Estado salienta que, contudo, a tarefa será difícil, porque requer “capacidade de ter plataformas que vendam produto de uma forma agregada”.

“O desafio é que o VisitPortugal tenha logo este link para conseguir que as pessoas comprem logo a oferta, comprem logo o território com produtos já disponíveis para o consumidor, ou seja, que não seja só uma plataforma de informação, mas que nos permita vender e concretizar logo junto do mercado que estamos a conseguir atingir através da promoção digital”.

“O digital é poderosíssimo, mas [é preciso] trazer todos os actores para dentro do digital e tirar o máximo de rentabilidade e de concretização de vendas e de comercialização dos nossos territórios e do nosso destino através do digital”.

Ana Mendes Godinho revelou que está a “desenvolver um modelo para conseguir alimentar de forma melhor [a promoção digital] e também conseguir que a promoção digital esteja cada vez mais ao serviço da oferta privada”.

 

Continua:

Promoção digital precisa de “diálogo permanente” entre regiões e Turismo de Portugal – Ana Mendes Godinho, SET

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Travelport renova acordo de distribuição com a Jet Airways

17-10-2018 (14h17)

A Travelport e a Jet Airways renovaram o seu acordo de distribuição, que permite às agências de viagens conectadas à tecnológica aceder à oferta da companhia de aviação indiana.

Funchal tem +8,4% de passageiros de cruzeiros até Setembro

17-10-2018 (13h22)

O Porto do Funchal somou 312.126 passageiros de cruzeiros nos primeiros nove meses deste ano, com um aumento em 8,4% ou 24,1 mil em relação ao período homólogo de 2017, de acordo com dados da APRAM – Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira.

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.

Embaixadora de Cuba realça contributo dos operadores para subida do turismo português no seu país

16-10-2018 (17h51)

“Tem sido de muita importância os programas dos operadores portugueses”, afirmou a Embaixadora de Cuba em Lisboa, Mercedes Martinez Valdés, ao enaltecer o contributo dos voos charter para o crescimento do turismo português para Cuba, que até Setembro situa-se em 13%.

Operadores portugueses fazem balanço positivo das vendas para Cuba

16-10-2018 (17h47)

A avaliação dos operadores turísticos Sonhando, Solférias, Jolidey e Travelplan às vendas de Cuba este ano é positiva, disseram ao PressTUR os seus representantes ontem em Lisboa, corroborando aos números mais recentes das chegadas de portugueses à ilha, que indicam um crescimento de 13% entre Janeiro e Setembro.