Go4Travel contrata CEO para reforçar gestão interna

17-05-2018 (12h04)

O grupo de agências de viagens Go4Travel anunciou a nomeação de Vasco Pinheiro para o cargo de CEO, uma nova contratação para reforçar a gestão interna e melhorar a produtividade global do grupo.

A Go4Travel sublinha em comunicado que, além da contratação de Vasco Pinheiro, também está a implementar novos projectos que “pretendem fortalecer a actuação dos accionistas”

Um desses projectos é “o reforço do sistema interno e comum aos 42 accionistas, com o intuito de obter ganhos de produtividade mediante inovação tecnológica, maior segurança e total adaptação às novas leis do sector”

Esse sistema interno, “em conjunto com a implementação de novas políticas e estratégias comerciais, permite uma maior monitorização da produção global com vista maiores níveis de concretização e de coordenação com parceiros e fornecedores, reforçando o profissionalismo e segurança por parte dos accionistas Go4Travel”.

Para Ricardo Ferreira, do Conselho de Administração da Go4Travel, “as crescentes exigências, a diversidade de projectos em execução ou implementação e a vontade de reforço da ligação e das sinergias entre accionistas, obrigaram a um reforço do controlo de gestão interno, nomeadamente contratação de um CEO”.

Vasco Pinheiro “possui um vasto conhecimento do sector turístico, estando familiarizado com a tecnologia aplicada às agências de viagens e operadores turísticos, para além de deter ampla experiência internacional”, acrescentou Ricardo Ferreira.

O executivo tem formação em Gestão pela Universidade Católica de Lisboa e tem uma experiência de mais de 15 anos no sector turístico, tendo chefiado as áreas de operações, vendas, contratação e desenvolvimento tecnológico, além de ter gerido a área de viagens para mais de uma dezena de países numa multinacional de consultoria de sistemas de informação.

Vasco Pinheiro, citado em comunicado, afirma que escolheu gestão “por vocação e o turismo pela sua constante mudança e necessidade de adaptação”.

O principal desafio da sua experiência internacional “foi conseguir integrar, numa só matriz de gestão, o maior número de países com o mínimo de desvios possíveis”, o que “foi atingido na totalidade dos objetivos propostos, ultrapassando as várias barreiras culturais”, acrescenta.

A Go4Travel apresenta-se como o maior grupo português de agências de viagens, constituído por 42 acionistas e 100 balcões distribuídos por todo o território, com uma equipa de 714 profissionais qualificados e um volume de vendas total que perfaz mais de 380 milhões de euros.

Todas as agências de viagens do grupo são credenciadas pela IATA, detendo no total 66 acreditações.

 

Ver também:

Go4Travel quer crescer juntando "a experiência à juventude" - João Matias

 

Clique para mais notícias: Go4Travel

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marrocos prevê superar a marca de 100 mil visitantes portugueses este ano

14-12-2018 (17h23)

O director da Delegação do Turismo de Marrocos em Portugal, Abdellatif Achachi, perspectiva que o número de visitantes portugueses em Marrocos este ano supere a marca de 100 mil como "resultado do nosso trabalho juntos" referindo-se a operadores, agências e companhias aéreas.

Brasil autoriza estrangeiros a ter 100% do capital das companhias aéreas do país

14-12-2018 (16h59)

O Presidente do Brasil, Michel Temer, assinou uma medida provisória que abre espaço para que estrangeiros assumam 100% do controlo do capital das companhias aéreas do país.

LVMH vai comprar dona do Reid’s Palace, por 2,8 mil milhões de euros

14-12-2018 (16h16)

A Louis Vuitton Moet Hennessy (LVMH) chegou a um acordo para comprar a Belmond, proprietária de hotéis de luxo, incluindo o Reid's Palace na Madeira, por 3,2 mil milhões de dólares, cerca de 2,8 mil milhões de euros.

Operador dinamarquês vai ter charters para Portugal com a Jet Time, após falência da Primera Air

14-12-2018 (15h49)

O operador turístico dinamarquês Bravo Tours contratou a companhia aérea Jet Time para fazer as suas operações charter no próximo Verão, incluindo voos para Portugal, que estavam previstas ser realizadas pela Primera Air, que declarou falência em Outubro.

TAP prevê poupar 30 milhões de euros na factura de combustível em 2019

14-12-2018 (12h56)

A TAP prevê conseguir em 2019 uma poupança de 30 milhões de euros nos custos de combustível, graças à renovação da frota com aviões mais eficientes, de acordo com o Chief Financial Officer (CFO) da companhia, Raffael Quintas.

Ultimas Noticias