Go4Travel contrata CEO para reforçar gestão interna

17-05-2018 (12h04)

O grupo de agências de viagens Go4Travel anunciou a nomeação de Vasco Pinheiro para o cargo de CEO, uma nova contratação para reforçar a gestão interna e melhorar a produtividade global do grupo.

A Go4Travel sublinha em comunicado que, além da contratação de Vasco Pinheiro, também está a implementar novos projectos que “pretendem fortalecer a actuação dos accionistas”

Um desses projectos é “o reforço do sistema interno e comum aos 42 accionistas, com o intuito de obter ganhos de produtividade mediante inovação tecnológica, maior segurança e total adaptação às novas leis do sector”

Esse sistema interno, “em conjunto com a implementação de novas políticas e estratégias comerciais, permite uma maior monitorização da produção global com vista maiores níveis de concretização e de coordenação com parceiros e fornecedores, reforçando o profissionalismo e segurança por parte dos accionistas Go4Travel”.

Para Ricardo Ferreira, do Conselho de Administração da Go4Travel, “as crescentes exigências, a diversidade de projectos em execução ou implementação e a vontade de reforço da ligação e das sinergias entre accionistas, obrigaram a um reforço do controlo de gestão interno, nomeadamente contratação de um CEO”.

Vasco Pinheiro “possui um vasto conhecimento do sector turístico, estando familiarizado com a tecnologia aplicada às agências de viagens e operadores turísticos, para além de deter ampla experiência internacional”, acrescentou Ricardo Ferreira.

O executivo tem formação em Gestão pela Universidade Católica de Lisboa e tem uma experiência de mais de 15 anos no sector turístico, tendo chefiado as áreas de operações, vendas, contratação e desenvolvimento tecnológico, além de ter gerido a área de viagens para mais de uma dezena de países numa multinacional de consultoria de sistemas de informação.

Vasco Pinheiro, citado em comunicado, afirma que escolheu gestão “por vocação e o turismo pela sua constante mudança e necessidade de adaptação”.

O principal desafio da sua experiência internacional “foi conseguir integrar, numa só matriz de gestão, o maior número de países com o mínimo de desvios possíveis”, o que “foi atingido na totalidade dos objetivos propostos, ultrapassando as várias barreiras culturais”, acrescenta.

A Go4Travel apresenta-se como o maior grupo português de agências de viagens, constituído por 42 acionistas e 100 balcões distribuídos por todo o território, com uma equipa de 714 profissionais qualificados e um volume de vendas total que perfaz mais de 380 milhões de euros.

Todas as agências de viagens do grupo são credenciadas pela IATA, detendo no total 66 acreditações.

 

Ver também:

Go4Travel quer crescer juntando "a experiência à juventude" - João Matias

 

Clique para mais notícias: Go4Travel

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

SATA Azores Airlines renova website para apresentar conteúdos consoante o utilizador

20-07-2018 (17h09)

A SATA Azores Airlines renovou o seu website para apresentar uma “abordagem mais intuitiva e com conteúdos especialmente seleccionados de acordo com o mercado escolhido pelo cliente”, anunciou a companhia aérea.

Canadá é a origem/destino de passageiros com o aumento mais forte em Lisboa

20-07-2018 (16h54)

O Aeroporto de Lisboa teve no primeiro semestre um aumento quase para o dobro do número de passageiros em voos de/para o Canadá, que foi assim a origem/destino com o crescimento mais forte do período, embora em valor absoluto os maiores aumentos tenham sido nas ligações com a Alemanha, com Espanha, com França e com o Brasil.

França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Ryanair diz que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados já têm alternativas

20-07-2018 (16h34)

A Ryanair revelou hoje que mais de 90% dos 50 mil passageiros com voos cancelados na próxima quarta e quinta-feira, dias de greve de tripulantes de cabina em Portugal, Espanha e Bélgica, já remarcaram os seus voos ou pediram reembolso.

Deco faz queixa da Ryanair por venda de voos após pré-aviso de greve

20-07-2018 (12h59)

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) fez queixa à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) contra a companhia aérea Ryanair por “prática comercial desleal” devido à venda de voos após o pré-aviso de greve.