França é origem/destino de passageiros líder no Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre

20-07-2018 (16h50)

Aeroporto de Lisboa
Aeroporto de Lisboa

Voos de/para Reino Unido têm a única queda no período

França foi a primeira origem/destino de passageiros do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre, com 1,746 milhões, inclusivamente mais cerca de 34 mil que nos voos domésticos.

Dados de tráfego do Aeroporto Humberto Delgado a que o PressTUR teve acesso mostram um aumento médio de passageiros no semestre em 12,9% ou 1,56 milhões, atingindo um total de 13,7 milhões, 87,5% deles em voos internacionais, nos quais o aumento foi em 14,1% ou 1,47 milhões.

França, com um aumento em 9% ou 144,2 mil, passou a liderar, suplantando o movimento em voos domésticos, cujo crescimento foi de 5,4% ou 87,7 mil, para 1,71 milhões.

Espanha foi a 3ª principal origem/destino de passageiros no semestre, com 1,5 milhões e a segunda em aumento em valor absoluto, com mais 180 mil que há um ano (+13,6%), e em 4º lugar ficou a Alemanha, com 1,27 milhões de passageiros, mas que foi no entanto líder em aumento em valor absoluto, com mais 196 mil (+18,2%).

A fechar o Top5 das origens/destinos do Aeroporto de Lisboa no primeiro semestre esteve o Reino Unido, com 1,13 milhões, mas que foi no entanto o único no Top20 a ter queda do número de passageiros, em 3,8% ou cerca de 45 mil.

O Brasil surge a abrir a segunda metade do Top10, com 901,8 mil passageiros e um aumento em 18,1% ou 138,2 mil, seguido por Itália, com 804,7 mil (+7,6% ou mais 57 mil), Estados Unidos, com 472 mil (+14% ou mais 58 mil), Suíça, com 622,2 mil (+2,3% ou mais 14 mil), e Holanda, com 550,4 mil (+12,3% ou mais 60 mil).

A lista do Top20 do primeiro semestre inclui de seguida a Bélgica, com 412 mil passageiros (+16,4% ou mais 58 mil que no primeiro semestre de 2017), Angola, com 237,4 mil (+6,8% ou mais 15 mil), Cabo Verde, com 198 mil (14,9% ou mais 26 mil), Marrocos, com 185,8 mil (+35,2% ou mais 48 mil), Polónia, com 149,6 mil (+60,9% ou mais 57 mil), Luxemburgo, com 147,9 mil (+26,1% ou mais 30 mil), Irlanda, com 142,5 mil (+7,2% ou mais nove mil), Emirados Árabes Unidos, com 135,8 mil (+8,4% ou mais dez mil), Canadá, com 135,7 mil (+96,1% ou mais 67 mil), e Áustria, com 123 mil (+30,7% ou mais 29 mil).

 

Clique para mais notícias: Aeroporto de Lisboa

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Atribuição de slots nos aeroportos portugueses está no Tribunal de Justiça da União Europeia

12-12-2018 (11h21)

A Comissão Europeia informou que a questão da atribuição de faixas horárias (slots) nos aeroportos portugueses está no Tribunal de Justiça da União Europeia, que avaliará o decreto-lei que enquadra a nova entidade gestora de slots.

Airbnb entregou 5,5 milhões de euros em taxas turísticas a Lisboa e ao Porto até Setembro

12-12-2018 (11h16)

A plataforma de aluguer de alojamento Airbnb entregou nos primeiros nove meses do ano 3,7 milhões de euros à Câmara de Lisboa e 1,8 milhões de euros à Câmara do Porto, relativos a taxas turísticas.

Governo dá tolerância de ponto aos funcionários públicos nos dias 24 e 31 de Dezembro

12-12-2018 (10h57)

O Governo decidiu conceder tolerância de ponto nos dias 24 e 31 de Dezembro aos trabalhadores que exercem funções públicas no Estado, de acordo com um despacho assinado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Riu apresenta novo resort só para adultos no México: Riu Palace Baja California

11-12-2018 (17h13)

O grupo hoteleiro Riu Hotels & Resorts está a promover o seu novo resort só para adultos no México, o Riu Palace Baja California, uma unidade hoteleira que já incorpora o seu novo conceito de resort.

Grupo Lufthansa transportou até Novembro mais passageiros que em todo o ano de 2017

11-12-2018 (16h46)

As companhias do grupo Lufthansa transportaram 132,4 milhões de passageiros nos primeiros onze meses deste ano, já tendo ultrapassado assim o total do ano de 2017, porque ultrapassou em muito o total do ano passado na Eurowings, incluindo Brussels.