Evacuação de terminal do aeroporto de Frankfurt afectou 60 voos e 13 mil passageiros

08-08-2018 (10h35)

Foto: www.frankfurt-airport.com
Foto: www.frankfurt-airport.com

A ordem de evacuação decretada ontem durante cerca de duas horas no terminal de partidas do aeroporto alemão de Frankfurt afectou 60 voos e 13 mil passageiros, segundo fontes locais citadas pela agência espanhola EFE.

Pouco antes do meio-dia, a polícia alemã decidiu evacuar uma parte do terminal de partidas do aeroporto de Frankfurt, o maior da Alemanha, após informações de que pelo menos uma pessoa teria entrado na zona de segurança daquele aeroporto sem autorização e que estava desaparecida.

Perante tal situação, as autoridades policiais decidiram evacuar a zona A do Terminal 1 do aeroporto de Frankfurt, para acções de verificação da área, e anunciaram que todos os voos com embarque naquela zona estavam suspensos.

Cerca de duas horas depois da emissão destas ordens, a polícia alemã anunciou através do Twitter o levantamento das medidas de segurança e esclareceu os contornos da situação, que foi provocada por causa de um erro de um elemento da segurança do aeroporto.

A polícia referiu que a situação surgiu após um elemento da segurança do aeroporto ter autorizado, por engano, a entrada para uma área segura de uma família francesa de quatro elementos (um casal e dois filhos) que ainda não tinha passado por todos os procedimentos de controlo de segurança.

A família seria posteriormente localizada e questionada, informaram as forças policiais, acrescentando que a mesma família foi autorizada a prosseguir viagem.

A agência noticiosa EFE precisou que o incidente de hoje afectou em particular 7.000 passageiros da companhia alemã aérea Lufthansa.

A empresa que gere o aeroporto internacional de Frankfurt, a Fraport, também confirmou que o incidente, que provocou atrasos e cancelamentos de voos, aconteceu por causa de uma falha humana.

Em finais de Julho, no aeroporto de Munique (sul da Alemanha), um incidente de contornos quase similares também provocou 200 cancelamentos e 60 atrasos de voos.

Na altura, a situação foi desencadeada depois de uma passageira ter tido acesso à zona de embarque antes de concluir o controlo de segurança.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

DZT passa na Green Globe Certification pelo sexto ano consecutivo

22-03-2019 (18h33)

A Agência Nacional Alemã de Turismo, DZT, passou na certificação anual da Green Globe, dedicada à sustentabilidade na indústria do turismo, pelo sexto ano consecutivo.

Grupo TAP tem prejuízo de 118 milhões de euros em “ano necessário”

22-03-2019 (18h06)

O Grupo TAP passou de um lucro de 21,2 milhões de euros em 2017 para um prejuízo de 118 milhões de euros em 2018, um ano de transformação necessária para preparar o futuro, segundo descreveram hoje Miguel Frasquilho, Antonoaldo Neves e David Neeleman.

TAP quer acabar com “dependência” do Brasil através da diversificação de mercados

22-03-2019 (16h42)

A TAP está a trabalhar na diversificação de mercados para acabar com a “dependência” do Brasil, um mercado que representa quase 25% das vendas totais da companhia e que no ano passado teve uma quebra de receitas de 10%, em euros.

Brexit: Governo aprova campanha para promover Algarve e Madeira no Reino Unido

22-03-2019 (15h24)

O ministro Adjunto e da Economia anunciou uma campanha turística especial para promover o Algarve a Madeira no Reino Unido, dois destinos em relação aos quais percebeu haver uma “preocupação maior” com o ‘Brexit’.

TAP vai investir “cada vez mais” nas vendas directas

22-03-2019 (15h13)

As vendas da TAP através dos seus canais directos, como o seu website e o contact center, representaram 41% das vendas da companhia aérea em 2018, e o objectivo é chegar a 50%, disse hoje Raffael Quintas, Chief Financial Officer (CFO) da companhia.