Voos de/para o Reino Unido foram os que mais cresceram nos aeroportos portugueses no 1º trimestre

09-04-2019 (15h24)

O Reino Unido foi a origem/destino com maior aumento de passageiros nos aeroportos portugueses no primeiro trimestre, com mais 180,4 mil, significando um subida em 14,9%, para 1,39 milhões.

Dados dos aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci a que o PressTUR teve acesso evidenciaram que Lisboa foi o aeroporto com mais passageiros em ligações com o Reino Unido e aquele que teve o maior aumento nessas rotas, com mais 105,5 mil (+21,8%), totalizando 589,1 mil.

Seguiu-se Faro, com um aumento de 35,3 mil (+9%), atingindo um total de 429,6 mil, e depois Porto, com um aumento de 25,8 mil (+13,1%) e um total de 222,8 mil.

O Funchal teve mais quase 14 mil passageiros (+10,4%) e somou 148,1 mil. Ponta Delgada, por sua vez, foi o único a registar uma quebra, em 4,6% ou cerca de 190, para 3,8 mil.

Apesar destes crescimentos, a primeira origem/destino internacional de passageiros nos aeroportos portugueses no primeiro trimestre manteve-se França, com um total de 1,458 milhões, mas com um crescimento mais moderado que o Reino Unido, em 3% ou 42,7 mil.

Essa moderação reflecte as quedas em Lisboa (-0,2% ou menos 1,3 mil, para 777,8 mil) e Ponta Delgada (-8,8% ou menos dois mil, para 3,8 mil).

Faro, Porto e Funchal contrariaram essas quedas, o primeiro com um aumento de passageiros em ligações com França em 9% ou 35,3 mil, para 429,6 mil, o segundo com +13,1% ou mais 25,8 mil, para 222,8 mil, e o terceiro com +10,4% ou mais quase 14 mil, totalizando 148,2 mil.

Espanha foi a terceira principal origem/destino de passageiros nos aeroportos portugueses, com 1,13 milhões, e o segundo maior aumento do trimestre, em 136,2 mil (+13,7%), seguindo-se a Alemanha, com 1,02 milhões, mas um crescimento moderado, em 3,4% ou 33,1 mil.

O Aeroporto do Porto foi o que teve o maior aumento de passageiros em voos de/para Espanha no primeiro trimestre, com mais 90,8 mil (+31,9%, para 375,7 mil), mas Lisboa manteve a liderança nessas ligações, com 732,3 mil passageiros (+6,2% ou mais 42,6 mil).

Faro foi o único aeroporto português a ter quebra de passageiros em voos de/para Espanha, com -7,3% ou menos 1,1 mil, para 15 mil, mas já o Funchal teve um aumento em 77,2% ou 3,9 mil, para nove mil.

O maior aumento de passageiros nos voos de/para a Alemanha deu-se nos aeroportos de Faro, com um aumento de 27,8 mil (+25,6%, para 136,5 mil), e do Funchal, com mais 12,3 mil (+14,2%, para 99,8 mil).

Lisboa e Porto tiveram quebras, respectivamente em 0,4% ou 2,4 mil, para 548,9 mil, e em 2,3% ou 5,5 mil para 232,7 mil.

A crescer estiveram também os voos de/para a Alemanha no Aeroporto de Porto Santo, em 70,6% ou cerca de 810, para quase dois mil.

Mais nenhuma origem/destino ultrapassou o milhão de passageiros no primeiro trimestre e a Suíça foi a que ficou mais perto, com 566,9 mil (+1% ou mais 5,5 mil), 272,6 mil deles em Lisboa (-3,3% ou menos 9,4 mil), 267,6 mil no Porto (+3,9% ou mais 10,1 mil), Funchal, com 18,6 mil (-0,5% ou menos 88), e Faro, com oito mil, +158,5% ou mais 4,9 mil.

 

Para ler mais clique:

Aeroportos portugueses ultrapassam os 11 milhões de passageiros no 1º trimestre

Aeroporto de Faro tem crescimento mais forte do trimestre, mas Lisboa teve maior aumento de passageiros

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair fecha bases aeroportuárias devido atrasos nas entregas de Boieng 737

16-07-2019 (09h11)

A Ryanair anunciou hoje que vai encerrar bases aeroportuárias no Inverno e Verão de 2020 devido aos atrasos nas entregas dos aparelhos Boeing 737 MAX, modelo afectado por dois acidentes.

IAG é o grupo europeu de aviação que mais está a crescer este ano

12-07-2019 (17h18)

O IAG, do qual fazem parte as companhias de aviação British Airways, Iberia, Aer Lingus, Vueling e Level, foi o grupo europeu com maiores aumentos de tráfego medido em RPK e de passageiros no primeiro semestre, sem destronar no entanto Air France KLM em RPK e Lufthansa em número de passageiros.

Aeroportos portugueses lideram na Vinci em número de passageiros e crescimento

12-07-2019 (16h29)

Portugal manteve-se o primeiro mercado da multinacional francesa Vinci Airports no primeiro semestre, com 27,46 milhões de passageiros nos aeroportos sob sua gestão, os quais foram, também os que tiveram o maior aumento de passageiros, com mais 1,84 milhões que há um ano (+7,2%).

Barceló abre hotel em Budapeste na próxima segunda-feira

12-07-2019 (14h18)

O grupo hoteleiro Barceló anunciou que vai abrir um hotel em Budapeste na próxima segunda-feira, dia 15 de Julho, uma unidade hoteleira com 179 quartos, alguns dos quais “com varanda e excelentes vistas sobre a cidade”.

Iberia reforça oferta de voos para Europa e África no próximo Inverno

10-07-2019 (14h22)

A companhia de aviação espanhola Iberia anunciou que vai reforçar a sua oferta de voos para a Europa e para África no próximo Inverno, para destinos em França, Itália, Espanha, Egipto, Marrocos e outros.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas