Ukraine segue Lufthansa na distribuição e avança com taxa sobre as reservas em GDS

19-04-2017 (13h58)

Foto: Ukraine International Airlines
Foto: Ukraine International Airlines

A Ukraine International Airlines cobra a partir de hoje uma taxa de nove dólares (8,4 euros) por reserva efectuada através dos sistemas de distribuição global (GDS), que são os sistemas mais usados pelas agências de viagens, juntando-se assim ao Grupo Lufthansa na ‘luta’ pela imposição das vendas directas.

O Grupo Lufthansa foi pioneiro na implementação de uma taxa por reserva efectuada através dos GDS, que são os sistemas que processam as reservas efectuadas através das agências de viagens e que lhes permitem apresentar aos clientes o maior leque de opções para a viagem pretendida.

A taxa do grupo aéreo alemão de 16 euros por reserva, apelidada Distribution Cost Charge (DCC), foi implementada a 1 de Setembro de 2015 e tem vindo a ser contestada pelo mercado, nomeadamente pelas associações de agências de viagens e operadores turísticos europeus, que apresentaram uma queixa à Comissão Europeia (para ler mais clique aqui).

A alegação do grupo Lufthansa foi, principalmente, que os GDS custavam muito dinheiro e que era sua intenção reduzir esses custos com a distribuição.

Porém, como o PressTUR verificou, o balanço de 2016 do grupo Lufthansa o que mostra é que, pelo contrário, até teve um aumento dos custos com os “sistemas de distribuição computorizados” (para ler mais clique: Grupo Lufthansa afinal até gastou mais 38 milhões com sistemas de distribuição computorizados em 2016).

A Ukraine International Airlines, representada em Portugal pela ATR, decidiu implementar uma taxa semelhante “na sequência do aumento constante dos custos dos GDS”, segundo um comunicado da transportadora citado pela imprensa internacional.

A taxa de nove dólares da Ukraine é por reserva efectuada através dos GDS em todos os mercados, aparecendo automaticamente na taxa YQ.

O PressTUR contactou a ATR sobre a aplicação da taxa GDS pela Ukraine e aguarda resposta.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal é origem/destino que mais cresce em Março no Aeroporto de Toulouse

21-04-2017 (16h18)

O Aeroporto de Toulouse teve em Março um aumento de passageiros em voos de/para Portugal em 132,1%, que faz de Portugal a origem/destino com o crescimento mais forte no mês, à frente da Bélgica, com +109,6%, Espanha com 76%, Itália com +47,6% e Alemanha, com +22,4%, entre os destinos Schengen.

Hotelbeds anuncia planos para comprar a GTA

21-04-2017 (12h30)

O Grupo Hotelbeds, bedbank e fornecedor global ‘business-to-business’ (B2B) de serviços para a indústria do turismo, anunciou hoje planos para comprar a GTA, para “juntar empresas com operações e pegadas geográficas complementares”.

Rembert Euling recompra MTS Globe à GTA

21-04-2017 (10h37)

Rembert Euling, que vendeu a MTS Globe à GTA em Setembro do ano passado, exerceu a opção de reverter o negócio e recomprou as acções da empresa de que é fundador e que, segundo informou, pretende manter como rede de agências de incoming independente.

Director do Praia D’El Rey é o melhor da Europa para a Marriott

19-04-2017 (12h10)

Francisco Nogueira de Sousa, director do Praia D’El Rey Golf & Beach Resort, localizado nas proximidades de Óbidos, foi distinguido pela Marriott International como “general manager of the year” a nível europeu.

Com London City, TAP chega aos 61 voos por semana para Londres

18-04-2017 (17h10)

A TAP vai ter 61 voos por semana para Londres a partir de 29 de Outubro, data em que começa a voar entre Lisboa e o aeroporto de London City, passando a oferecer no próximo Inverno IATA mais 53.424 lugares para a capital do Reino Unido que no período homólogo de 2016/2017.