Turquia termina primeiro quadrimestre com aumento de turistas estrangeiros em 24%

31-05-2019 (15h19)

Foto: Gabriel Garcia Marengo / Unsplash
Foto: Gabriel Garcia Marengo / Unsplash

A Turquia, que nos primeiros meses de 2017 ainda estava em ciclo de baixa do turismo internacional, por receios de terrorismo e instabilidade política, dois anos depois contabiliza um aumento das chegadas de turistas residentes no estrangeiro em 59,1% relativamente a esse período e está com mais 24% que em 2018.

Os dados publicados pelo Ministério turco da Cultura e do Turismo indicam que o país recebeu 8,73 milhões de turistas residentes no estrangeiro até ao fim de Abril, mais 2,86 milhões que no período homólogo de 2017 e mais 951,3 mil que nos primeiro quatro meses de 2018.

Os mesmos dados indicam que a Alemanha retomou no quadrimestre a liderança dos emissores estrangeiros, com 803,4 mil, seguida pela Bulgária, com 738,8 mil, Rússia, com 710,3 mil, Irão, com 558,7 mil, e Geórgia, com 511,9 mil.

O emissor que mais tem contribuído para a evolução em alta, porém, tem sido a Rússia, de onde a Turquia recebeu este ano mais 390,4 mil turistas que no primeiro quadrimestre de 2017 (+122%) e mais 185,9 mil que no primeiro quadrimestre de 2018 (+35,5%).

A Bulgária tem o segundo maior contributo, com mais 266 mil (+56,3%) que em 2017 e mais 159,1 mil que em 2018 (+27,5%), e seguidamente esteve a Alemanha, com aumentos de 234,9 mil turistas (+41,3%) em relação a 2017 e mais 131,8 mil que em 2018 (+19,6%).

Os dados do Ministério turco evidenciaram, aliás, que a Europa se consolidou como o mais importante mercado para o turismo da Turquia, com 3,7 milhões de turistas nos primeiros quatro meses do ano, +24% ou mais 717,7 mil que no período homólogo de 2018 e +59,1% ou mais 1,37 milhões que em 2017.

 

Clique para mais notícias: Turquia

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook Alemanha cancela todas as viagens para 2020

13-11-2019 (09h27)

A filial alemã do falido grupo Thomas Cook cancelou todas as reservas para viagens a partir de 1 de Janeiro de 2020.

DER Touristik quer ficar com agências Holiday Land e hotéis Sentido do grupo Thomas Cook

13-11-2019 (08h56)

A DER Touristik anunciou que chegou a acordo para comprar a rede de agências de viagens Holiday Land, incluindo os contratos de franquia, e que pretende adquirir a rede de hotéis Sentido, subsidiárias do falido grupo Thomas Cook.

Nove países da UE querem aumentar impostos sobre as companhias aéreas

12-11-2019 (15h06)

Nove países da União Europeia juntaram-se para exigir uma aviação mais limpa na Europa, um dos meios de transporte mais poluentes que consideram que está a ser taxado abaixo do que devia.

UE aceita adiamento “flexível” do Brexit até 31 de janeiro

28-10-2019 (12h06)

Os 27 Estados-membros da União Europeia concordaram hoje com um novo adiamento do Brexit até 31 de janeiro, oferecendo, contudo, ao Reino Unido a possibilidade de abandonar a União mais cedo se o parlamento ratificar o Acordo de Saída.

Alemanha provoca Setembro ‘no vermelho’ na hotelaria espanhola

24-10-2019 (16h12)

A hotelaria espanhola teve em Setembro a segunda quebra de dormidas este ano, com um decréscimo em 0,6%, provocado principalmente pela quebra do mercado alemão.

Noticias mais lidas