Ryanair declara aumento ‘explosivo’ do lucro operacional em 234% no último trimestre de 2019

03-02-2020 (21h11)

Foto: Ryanair
Foto: Ryanair

A low cost Ryanair teve um aumento do lucro operacional em 234% no último trimestre de 2019, que corresponde ao 3º trimestre do seu exercício 2019/2020 que termina a 31 de Março, por aumento da receita em 21% face a subida dos custos em 10%.

O balanço da Ryanair mostra que esse aumento do resultado operacional ficou a dever-se principalmente ao crescimento das receitas, decorrente de um aumento da tarifa média em 9%, para 33 euros, associado a um aumento de passageiros em 6%, para 35,9 milhões, e um aumento das receitas complementares por passageiros em 21%, para 20 euros.

Do lado dos custos, a contribuir para o forte crescimento do resultado operacional estiveram aumentos abaixo do crescimento das receitas nos combustíveis (14%, para 686 milhões de euros), taxas de aeroporto e handling (7%, para 272,7 milhões), pessoal (11%, para 276,5 milhões), estagnação dos encargos de navegação aérea (180,4 milhões) e marketing e distribuição (4%, para 137,4 milhões).

O balanço especifica que com esse aumento do resultado operacional em 234% o resultado líquido do trimestre melhorou 153,9 milhões, de uma perda de 66,1 milhões no último trimestre de 2018 para um lucro de 87,8 milhões no último trimestre de 2019.

Para os nove meses de Abril a Dezembro de 2019, a Ryanair declara um lucro líquido de 1.240,4 milhões de euros, em alta de 14% ou 155,8 milhões em relação ao período homólogo do exercício anterior.

O resultado operacional para este período ascende a 1.379,6 milhões de euros, em alta de 12% ou 143,1 milhões.

Para ler mais clique:

 

Clique para mais notícias: Ryanair

Clique para mais notícias: Aviação


 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France KLM cresce 2,7% em Janeiro apesar de quebra da low cost Transavia

11-02-2020 (17h37)

O grupo Air France KLM teve um aumento de tráfego de passageiros em RPK (passageiros x quilómetros voados) em 2,7% no primeiro mês deste ano, pelo crescimento das suas duas companhias de rede, em 3,5% e em 2,9%, compensando uma quebra da low cost Transavia em 4,1%.

British Airways adia retoma dos voos para a China para 1 de Abril

10-02-2020 (14h59)

A British Airways, companhia de aviação do IAG que a 29 de Janeiro, em reacção ao surto do novo coronavírus anunciou a suspensão de todos os voos para a China Continental, prolongou agora essa suspensão até 1 de Abril.

Croatia Airlines retoma voos para Lisboa a 17 de Abril

10-02-2020 (13h00)

A companhia aérea Croatia Airlines, representada em Portugal pela APG, retoma os seus voos entre Lisboa e Zagreb no dia 17 de Abril, com quatro frequências semanais.

Turismo português para a Turquia cresce 35,5% em 2019, mas sem chegar ao recorde de 2015 (correcção)

07-02-2020 (16h45)

A Turquia teve em 2019 um aumento em 35,5% das chegadas de visitantes residentes em Portugal, atingindo o total de 54,1 mil e não 54,1 milhões como erradamente noticiamos ontem.

Air France e KLM prolongam suspensão de voos para a China continental até meados de Março

06-02-2020 (15h55)

As companhias de aviação Air France e KLM anunciaram hoje a prorrogação até 15 de Março da suspensão dos voos para a China continental, interrompidos no dia 30 de Janeiro, devido ao surto do novo coronavírus no país asiático.

Noticias mais lidas