Pilotos alemães da Ryanair convocam greve para quarta-feira

11-09-2018 (10h03)

O sindicato alemão Vereinigung Cockpit (VC), que representa os pilotos da Ryanair na Alemanha, agendou uma greve para esta quarta-feira, dia 12, com a intenção de retomar as negociações com a companhia aérea, que diz estarem paralisadas há meses.

A greve, em horas locais, mais uma que em Portugal, realiza-se entre as 3h01 de quarta-feira e as 2h59 da quinta-feira, podendo afectar todos os voos a partir da Alemanha.

Os pilotos reivindicam melhorias de salários e de condições de trabalho, criticando a Ryanair por não atender às suas reivindicações.

“Apesar da mensagem clara enviada com a greve no início de Agosto, a mesa das negociações continua parada”, disse Ingolf Schumacher, do sindicato VC, citado pela Reuters.

A paralisação no início de Agosto, convocada por pilotos baseados na Suécia, Irlanda, Bélgica, Holanda e Alemanha, afectou cerca de 55 mil viajantes.

Face aos acordos que a Ryanair celebrou com os seus pilotos na Irlanda e em Itália, o sindicato dos pilotos alemães considera insuficientes, por não contemplarem melhorias de salários e condições de trabalho.

O sindicato acrescenta que a Ryanair propôs uma reunião com um mediador de nacionalidade irlandesa, encontro que o VC recusou por considerar que o mediador deve ter conhecimento suficiente da lei alemã.

A convocação da greve pelo sindicato dos pilotos alemães ocorre antes de ser conhecida a data de uma paralisação que sete sindicatos europeus, incluindo o português SNPVAC, anunciaram que iriam convocar para o final de Setembro (clique para ler: Sindicatos europeus avançam com greve na Ryanair no final de Setembro).

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Ryanair

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair e Wizz Air multadas em Itália por “prática comercial incorrecta” na cobrança da bagagem de mão

22-02-2019 (13h18)

A autoridade da concorrência italiana aplicou uma multa de três milhões de euros à Ryanair e de um milhão de euros à Wizz Air por “prática comercial incorrecta, na medida em que engana o consumidor no preço efectivo do bilhete, ao não incluir na tarifa base um elemento essencial do transporte aéreo que é uma bagagem de mão de maior volume”.

Mesmo com Brexit ‘à porta’, britânicos foram os turistas que mais despenderam em Portugal em 2018

21-02-2019 (17h54)

Os residentes no Reino Unido, mesmo com o adensar da perspectiva de um ‘divorcio litigioso’ com a União Europeia e apesar de uma quebra no alojamento turístico português, não só se mantiveram em 2018 os líderes em gastos turísticos em Portugal em 2018, como foram os que fizeram o segundo maior aumento.

Meliá abre hotel da marca Innside junto ao Aeroporto de Paris CDG

21-02-2019 (17h37)

A Meliá Hotels International anunciou hoje a abertura do seu primeiro hotel da marca Innside em França, uma unidade de 266 quartos localizada junto ao Aeroporto Internacional de Paris – Charles de Gaulle.

Turismo português em Malta mais do que duplica entre Janeiro e Novembro de 2018

21-02-2019 (10h12)

O número de turistas portugueses que visitaram Malta entre Janeiro e Novembro do ano passado atingiu os 20.701, o que corresponde a um aumento de 118,4% face ao período homólogo de 2017.

Grupo Air France KLM factura mais mas lucra menos em 2018

20-02-2019 (11h36)

O grupo de aviação Air France KLM, que reclama ser o maior da Europa em voos de longo curso, revelou hoje que em 2018 teve um aumento da receitas de transporte de passageiros em 1,6% (+4,1% sem flutuações cambiais), atingindo 22,9 mil milhões de euros, mas o seu resultado operacional caiu 382 milhões, para 994 milhões.