Norwegian faz aumento de capital de 308,7 milhões de euros

30-01-2019 (14h48)

Foto: Norwegian
Foto: Norwegian

A Norwegian Air Shuttle anunciou um aumento de capital de três mil milhões de coroas norueguesas (cerca de 308,7 milhões de euros), poucos dias depois do IAG ter anunciado que “não tenciona” fazer uma oferta pela companhia.

A emissão de novas acções é totalmente subscrita pelos maiores accionistas e dirigentes da companhia aérea, designadamente o CEO Bjørn Kjos e o presidente Bjørn Halvor Kise, e pelo bilionário norueguês John Fredriksen.

Em comunicado, a companhia aérea conhecida por liderar a introdução de voos de longo curso low cost sublinha que, com o aumento de capital, pretende “aumentar sua flexibilidade financeira”.

“A Norwegian passou por um período de crescimento significativo. O foco daqui para frente será cada vez mais na redução de custos e reduções de CAPEX (capital expenditure)”, afirmou o CEO, Bjørn Kjos, citado em comunicado.

A transportadora anunciou que vai implementar um plano de redução de custos até 2 mil milhões de coroas norueguesas (205,8 milhões de euros).

O anúncio do aumento de capital acontece poucos dias depois do IAG ter anunciado que “não tenciona” fazer uma oferta pela Norwegian e que pretende vender a sua participação de 3,93% (clique para ler: IAG desiste da Norwegian e vai vender participação).

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Norwegian Air Shuttle

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Tráfego aéreo de/para Portugal cresce acima da média da UE no 1º semestre

21-08-2019 (15h29)

Portugal foi um dos países cujos aeroportos tiveram aumentos de passageiros no primeiro semestre “bem acima da média da União Europeia”, informou o ACI Europe, associação que conta com mais de 500 aeroportos em 45 países europeus, que em 2018 somaram mais de 2,3 mil milhões de passageiros.

Norwegian Air suspende seis rotas entre Irlanda e América do Norte

16-08-2019 (10h22)

A Norwegian Air, considerada pioneira dos voos transatlânticos low cost, anunciou o cancelamento de seis rotas entre a Irlanda e a América do Norte, justificando a decisão com a suspensão de voos em Boeing 737 MAX, modelo afectado por dois acidentes fatais.

Aigle Azur quer vender operação para Portugal à low cost espanhola Vueling

12-08-2019 (14h39)

A companhia francesa Aigle Azur, que tem como accionistas maioritários o grupo chinês HNA e o accionista de referência da TAP e da Azul, David Neeleman, procura vender a sua operação em Orly para Porto, Faro e Funchal como forma de obter liquidez para se manter a voar, segundo a imprensa francesa.

Associação de pilotos europeus critica Ryanair por segundo Verão consecutivo de instabilidade laboral

09-08-2019 (12h41)

A Associação Europeia de Cockpit (ECA), que representa 40 mil pilotos europeus, criticou hoje a instabilidade laboral na companhia aérea Ryanair, situação que se repete pelo segundo Verão consecutivo e “pelos mesmos motivos”.

Ryanair enfrenta greves também no Reino Unido e Espanha

08-08-2019 (16h42)

A low cost Ryanair, cujos tripulantes de cabina em Portugal têm marcada greve este mês, de dia 21 a dia 25, terá quase em simultâneo uma greve de pilotos no Reino Unido e também já tem ameaças de greves de tripulantes de cabina em Espanha.

Noticias mais lidas