MSC Opera embate na doca à chegada a Veneza

02-06-2019 (16h18)

O navio de cruzeiros MSC Opera, da MSC Cruzeiros, causou pânico ao chegar hoje a Veneza, de acordo com notícias da imprensa italiana, que relatou que o navio, que estava a atracar, embateu numa doca e num barco turístico.

O acidente causou dois feridos leves e duas outras pessoas foram levadas para o hospital para observação, não tendo sido referida a sua nacionalidade.

Imagens de vídeos amadores divulgadas na rede social Twitter mostram turistas em terra a fugir em frente ao MSC Opera, que atingiu o cais e raspou a lateral direita do navio contra a doca, com os motores a rugir, antes de embater no barco turístico Michelangelo.

O acidente ocorreu em San Basilio-Zaterre, no Canal Giudecca, e segundo o jornal “Corriere della Sera”, terá sido provocado pela ruptura de um dos cabos que ligam os navios de cruzeiro aos rebocadores que os ajudam a entrar nos canais.

A ruptura do cabo impossibilitou o navio de parar por causa das fortes correntes que o empurravam para a doca, acrescenta o jornal.

O MSC Opera, construído em 2004, pode transportar até 2.679 passageiros em 1.071 cabinas.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: MSC Cruzeiros

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook Alemanha cancela todas as viagens para 2020

13-11-2019 (09h27)

A filial alemã do falido grupo Thomas Cook cancelou todas as reservas para viagens a partir de 1 de Janeiro de 2020.

DER Touristik quer ficar com agências Holiday Land e hotéis Sentido do grupo Thomas Cook

13-11-2019 (08h56)

A DER Touristik anunciou que chegou a acordo para comprar a rede de agências de viagens Holiday Land, incluindo os contratos de franquia, e que pretende adquirir a rede de hotéis Sentido, subsidiárias do falido grupo Thomas Cook.

Nove países da UE querem aumentar impostos sobre as companhias aéreas

12-11-2019 (15h06)

Nove países da União Europeia juntaram-se para exigir uma aviação mais limpa na Europa, um dos meios de transporte mais poluentes que consideram que está a ser taxado abaixo do que devia.

UE aceita adiamento “flexível” do Brexit até 31 de janeiro

28-10-2019 (12h06)

Os 27 Estados-membros da União Europeia concordaram hoje com um novo adiamento do Brexit até 31 de janeiro, oferecendo, contudo, ao Reino Unido a possibilidade de abandonar a União mais cedo se o parlamento ratificar o Acordo de Saída.

Alemanha provoca Setembro ‘no vermelho’ na hotelaria espanhola

24-10-2019 (16h12)

A hotelaria espanhola teve em Setembro a segunda quebra de dormidas este ano, com um decréscimo em 0,6%, provocado principalmente pela quebra do mercado alemão.

Noticias mais lidas