MSC Opera embate na doca à chegada a Veneza

02-06-2019 (16h18)

O navio de cruzeiros MSC Opera, da MSC Cruzeiros, causou pânico ao chegar hoje a Veneza, de acordo com notícias da imprensa italiana, que relatou que o navio, que estava a atracar, embateu numa doca e num barco turístico.

O acidente causou dois feridos leves e duas outras pessoas foram levadas para o hospital para observação, não tendo sido referida a sua nacionalidade.

Imagens de vídeos amadores divulgadas na rede social Twitter mostram turistas em terra a fugir em frente ao MSC Opera, que atingiu o cais e raspou a lateral direita do navio contra a doca, com os motores a rugir, antes de embater no barco turístico Michelangelo.

O acidente ocorreu em San Basilio-Zaterre, no Canal Giudecca, e segundo o jornal “Corriere della Sera”, terá sido provocado pela ruptura de um dos cabos que ligam os navios de cruzeiro aos rebocadores que os ajudam a entrar nos canais.

A ruptura do cabo impossibilitou o navio de parar por causa das fortes correntes que o empurravam para a doca, acrescenta o jornal.

O MSC Opera, construído em 2004, pode transportar até 2.679 passageiros em 1.071 cabinas.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: MSC Cruzeiros

Clique para mais notícias: Cruzeiros

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP inicia rotas de Tenerife e Nápoles e passa a ter 201 voos/semana para Espanha e cem para Itália

18-06-2019 (13h29)

A TAP já inaugurou as suas novas rotas de médio curso à partida de Lisboa, Tenerife, nas Canárias, Espanha, e Nápoles, em Itália, ambas com voos diários respectivamente desde 61 euros por ida e desde 65 euros por ida, segundo informação da companhia que realça que passa a ter 11 rotas para Espanha e seis para Itália.

Lufthansa responsabiliza excesso de capacidade na Europa pela quebra de resultados

17-06-2019 (15h15)

O grupo Lufthansa, maior grupo de aviação da Europa em número de passageiros e em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), responsabiliza um alegado excesso de capacidade na Europa por uma evolução pior do que previa, mas os seus dados mostram que a subsidiária mais problemática é a Eurowings, que até era identificada com o negócio de voos de longo curso low cost.

Ryanair anuncia acordo para comprar a Malta Air

11-06-2019 (17h40)

A Ryanair anunciou hoje um acordo para comprar a companhia de aviação Malta Air, uma startup com a qual pretende expandir a sua presença no país, chegar a novos mercados do Norte de África e obter um certificado de operador aéreo maltês.

Air France faz 78,5% do crescimento de tráfego do grupo nos primeiros cinco meses do ano

11-06-2019 (15h34)

A companhia de aviação francesa Air Afrance assegurou 78,5% do aumento de tráfego do grupo em RPK (passageiros x quilómetros voados) nos primeiros cinco meses do ano, com a holandesa KLM a ter uma participação de apenas 1,7% e a low cost Transavia, 19,8%.

Noticias mais lidas