Iberia foi a companhia do IAG que mais contribuiu para o crescimento do grupo

08-01-2019 (17h25)

A Iberia assegurou 36% do crescimento de tráfego do IAG em RPK no ano de 2018, e foi assim a subsidiária que mais contribuiu para o crescimento do grupo em 7,1% no ano de 2018, à frente da British Airways, que representou 27,1%, Vueling com 16% e Aer Lingus com 11,8%, conforme se pode concluir do balanço publicado hoje.

Os dados do grupo indicam que a Iberia, incluindo a nova Level, teve um crescimento do tráfego em 11,7%, que significou mais 6,4 mil milhões de RPK, a British Airways, que ainda assim se mantém a maior companhia do IAG, teve um crescimento do tráfego em 3,3% ou 4,8 mil milhões de RPK, o crescimento da Vueling foi em 9,8% ou 2,8 mil milhões de RPK e a Aer Lingus teve um aumento em 9,8% ou 2,1 mil milhões de RPK.

A British Airways, de acordo com os mesmos dados, assegurou 56,2% dos RPK do IAG em 2018, com 152,2 mil milhões, a Iberia, com 61,3 mil milhões, assegurou 22,7% do tráfego total do grupo, a Vueling, com quase 32 mil milhões, assegurou 11,8% do total, e a Aer Lingus, com 23,5 mil milhões, assegurou 8,7%.

Além de ser a companhia que mais contribuiu para o crescimento do tráfego em 2018, a Iberia foi também a subsidiária do IAG com melhor taxa de ocupação média dos voos e com maior aumento face a 2017.

A taxa de ocupação da Iberia subiu 1,6 pontos em 2018, atingindo uma média de 85,7%, enquanto a British Airways teve uma subida de 0,7 pontos, para 82,5%, a Vueling melhorou também 0,7 pontos, atingindo 85,4%, e a Aer Lingus teve um decréscimo pela margem mínima, em 0,1 pontos, para 81%.

 

Para ler mais clique:

Grupo da British Airways e Iberia transporta mais oito milhões e chega a 112,9 milhões em 2018

 

Clique para mais notícias: IAG

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair assina acordo com a SiteMinder para vender hotéis na Europa

21-01-2019 (14h15)

A Ryanair, que há uma semana deu por terminada a sua incursão na venda online de pacotes turísticos, assinou um acordo com a SiteMinder para comercializar hotéis na Europa através da sua plataforma Ryanair Rooms.

Ryanair alega queda mais forte das tarifas para emitir profit warning

18-01-2019 (16h12)

A low cost Ryanair baixou em cerca de cem milhões de euros o intervalo da previsão de lucros do exercício 2017/2018, que termina em Março, apontando como causa uma queda dos preços dos voos mais forte do que antecipara.

Norwegian vai encerrar bases em Espanha, Itália e EUA

18-01-2019 (11h30)

A companhia de aviação Norwegian Air Shuttle anunciou que vai encerrar a partir de Abril várias bases em Espanha, Itália e Estados Unidos, para melhorar o seu desempenho financeiro.

Aeroportos portugueses já ficaram em Novembro abaixo do crescimento médio na União Europeia

17-01-2019 (17h49)

O estancamento do Aeroporto de Lisboa arrastou o país dos tops de crescimento da aviação comercial na União Europeia para níveis inferiores à média, de acordo com o ACI Europa, que até mostrou Faro no Top5 de crescimento em Novembro dos aeroportos com cinco milhões a dez milhões de passageiros por ano.

“A festa poderá estar a acabar em breve”, avisa director-geral do ACI Europa

17-01-2019 (17h47)

O director-geral do ACI Europe, Olivier Jankovec, citado em comunicado da organização, comentou que os dados de Novembro mostram que o transporte aéreo de passageiros “continuam a desafiar um ambiente geopolítico e económico crescentemente desafiador”, mas que “a festa poderá estar a acabar em breve”.