IAG cria subsidiária austríaca da Vueling com activos da Niki

02-01-2018 (13h54)

O International Airlines Group (IAG) anunciou que planeia criar uma subsidiária da Vueling na Áustria para comprar à companhia aérea Niki até 15 aviões e slots em vários aeroportos, por 20 milhões de euros.

A informação consta de um comunicado com data de 29 de Dezembro, mas que só hoje, dia 2 de Janeiro, ficou disponível no website do IAG.

No comunicado, o IAG anuncia que planeia comprar activos da Niki por 20 milhões de euros e fornecer liquidez à companhia aérea até 16,5 milhões de euros.

Os activos em causa incluem até 15 aviões da família A320 e um conjunto de slots em vários aeroportos, incluindo, Viena, Dusseldorf, Munique, Palma de Maiorca e Zurique.

O negócio será feito através de uma nova subsidiária da Vueling que será incorporada como uma empresa austríaca e que irá operar inicialmente como uma operação separada, estando ainda sujeita a aprovação pelos reguladores da concorrência.

A nova empresa planeia empregar cerca de 740 antigos trabalhadores da Niki.

“A Niki era a parte mais financeiramente viável da Air Berlin e o seu foco em viagens de lazer significa que tem um óptimo encaixe com a Vueling”, sublinha o CEO do IAG, Willie Walsh, citado no comunicado.

O executivo acrescenta que o acordo “permitirá à Vueling aumentar a sua presença na Áustria, Alemanha e Suíça e oferecer aos consumidores da região mais opções de viagens aéreas de baixo custo”.

O IAG sublinha ainda que irá fornecer mais detalhes sobre a marca e a rede de rotas da nova subsidiária “oportunamente, quando apropriado”.

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: IAG

Clique para mais notícias: Niki

Clique para mais notícias: Vueling

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lisboa teve o 3º mais forte aumento de passageiros dos grandes aeroportos europeus no 1º Semestre

09-08-2018 (17h38)

O Aeroporto de Lisboa teve um aumento médio de passageiros no primeiro semestre em 12,9%, cotando-se assim, apesar de declarado esgotado quer pela gestora aeroportuária ANA quer pelo Governo português, como o 3º grande aeroporto europeu a crescer a ritmo mais forte.

easyJet aposta em mais rotas França - Marrocos

09-08-2018 (16h29)

A low cost easyJet, terceira maior companhia em Portugal, vai apostar no próximo Inverno em mais rotas entre França e Marrocos, de acordo com a imprensa francesa, que indica que a partir de fim de Outubro a low cost terá voos entre Bordéus e Essaouira, entre Lyon e Agadir e entre Toulouse e Marraquexe.

Pilotos da Ryanair baseados na Holanda também fazem greve amanhã

09-08-2018 (15h52)

Os pilotos da Ryanair, maior companhia aérea europeia em número de passageiros, baseados na Holanda anunciaram que farão greve amanhã, sexta-feira, à semelhança dos seus congéneres sediados na Alemanha, que se associaram à greve de 24 horas impulsionada pelos seus colegas da Irlanda, Suécia e Bélgica.


Evolução do grupo Air France KLM em Julho marcada por forte abrandamento da holandesa

08-08-2018 (17h37)

O grupo Air France KLM, maior grupo de aviação da Europa em capacidade medida em ASK (lugares x quilómetros voados), cresceu 1,9% em Julho, aquém do aumento médio de 3,4% no primeiro semestre, em grande medida porque a sua companhia holandesa abrandou de um crescimento médio de 5,4% para 1,2%.

Ryanair cancela quase 400 voos na sexta-feira devido a greves de pilotos

08-08-2018 (13h34)

A Ryanair anunciou hoje que cancelará na sexta-feira 250 voos de ou para a Alemanha, de um total de 2.400, devido à greve de pilotos, elevando para quase 400 os cancelamentos devido a paralisações.