Hotel Mandarin Oriental in Knightsbridge, Londres, está em chamas

06-06-2018 (17h17)

Mais de uma centena de bombeiros combatem neste momento um incêndio no 5-estrelas Mandarin Oriental in Knightsbridge, uma das unidades mais luxuosas de Londres.

A imprensa britânica refere que no local estão cerca de 120 bombeiro e duas dezenas de viaturas de combate a incêndios.

A BBC refere que fotografias publicadas em redes sociais mostram espessas colunas de fumo a subirem do edifício do hotel.

Os bombeiro de Londres confirmaram que foram chamados pouco depois das 16h00.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Dominicana supera os cinco milhões de turistas até Setembro, apesar de queda dos emissores europeus

19-10-2018 (18h07)

A República Dominicana teve este Verão (Junho a Setembro) um aumento das chegadas de turistas não residentes em 6,9%, embora da parte da Europa tivesse uma queda em 6,4%, inclusivamente mais forte que a queda média nos nove meses de Janeiro a Setembro, que foi de 4%.

Sindicato belga alerta para mais greves se “a Ryanair não mudar”

19-10-2018 (17h22)

O sindicato belga CNE, que representa tripulantes de cabina da Ryanair, ameaçou organizar vários dias de greve antes do final do ano se a companhia “não mudar radicalmente de posição e atitude”.

Grupo Air France KLM anuncia 44 novas rotas este Inverno IATA 2017/2018

18-10-2018 (18h11)

O grupo Air France KLM, nº 1 da aviação europeia em tráfego medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), anunciou hoje que este Inverno IATA, que vai de dia 28 de Outubro a 30 de Março, terá 44 novas rotas e uma frota mais moderna e com cabinas novas.

MSC lança-se no mercado dos cruzeiros de luxo com quarto navios

18-10-2018 (09h52)

A MSC Cruzeiros encomendou quatro navios, avaliados em mais de dois mil milhões de euros, para entrar no mercado dos cruzeiros de luxo.

Aeroportos portugueses já estão a crescer menos que a média europeia

16-10-2018 (18h07)

Os aeroportos portugueses, que sistematicamente figuravam como líderes de crescimento na Europa, actualmente crescem menos que a média europeia, porque o abrandamento do crescimento de Lisboa não tem beneficiado os outros aeroportos, que estão piores que o da capital, à excepção do Porto.