França vai cobrar 1,5 a 18 euros de 'ecotaxa' nos voos à saída do país

09-07-2019 (18h54)

Foto: Nils Nedel / Unsplash
Foto: Nils Nedel / Unsplash

O Governo francês vai aplicar, a partir do próximo ano, uma 'ecotaxa' de 1,5 a 18 euros em todos os voos à partida de aeroportos franceses.

Estarão isentos da 'ecotaxa' os voos de ligação e os que tenham como destino a Córsega ou os territórios ultramarinos franceses a partir de aeroportos franceses.

A 'ecotaxa' deverá gerar receitas de 182 milhões de euros a partir do próximo ano, segundo a estimativa do Governo francês, cuja titular dos Transportes, Elisabeth Borne, indicou que serão investidos em infra-estruturas de transportes mais ecológicas, nomeadamente o ferroviário.

A ministra disse ainda que a 'ecotaxa' será aplicada a todas as companhias aéreas e informou que nos voos internos e dentro da União Europeia será de 1,5 euros em classe económica e de nove euros em classe executiva.

Para os voos para fora da União Europeia, a 'ecotaxa' a ser aplicada será de três euros em classe económica e de 18 euros em classe executiva.

A ‘ecotaxa', que só será aplicada em voos à partida de aeroportos franceses, foi decidida hoje durante um segundo Conselho de Defesa Ecológica presidido pelo chefe de Estado francês, Emmanuel Macron.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook precisa de mais 200 milhões para evitar colapso

20-09-2019 (16h52)

O grupo Thomas Cook, considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agências de viagens, confirmou que precisa de mais 200 milhões de libras (226 milhões de euros) para evitar o colapso.

Ryanair espera voar com Boeing 737 Max em Fevereiro/Março

20-09-2019 (15h50)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, afirmou que Fevereiro ou início de Março é a previsão mais real para começar a voar com aviões Boeing 737 Max, modelo proibido de voar desde Março, após dois acidentes fatais.

Ryanair quer que tripulantes da base de Faro aceitem alterar contratos para sazonais

18-09-2019 (18h13)

A low cost Ryanair admitiu em “nota” de distribuição restrita recuar no encerramento da base de Faro, mas dizendo que a sua continuação “poderá agora ser possibilitada pelo acordo das tripulações baseadas” na infra-estrutura “em mudar para contratos sazonais, para reflectir a natureza sazonal do tráfego de e para o Algarve”.

Sindicato dos pilotos da British Airways desconvoca greve de 27 de Setembro

18-09-2019 (17h52)

O sindicato dos pilotos da British Airways (BALPA) desconvocou a greve prevista para 27 de Setembro e pretende iniciar “novas negociações” com a empresa sobre as condições laborais, segundo anunciou hoje.

Governo português aprova medidas adicionais para eventual hard Brexit

12-09-2019 (15h11)

O Conselho de Ministros aprovou hoje medidas de contingência adicionais para o caso de o Reino Unido sair da União Europeia sem acordo (hard Brexit), estendendo o actual plano até ao final de 2020 em relação aos serviços financeiros e segurança social.

Noticias mais lidas